Em recuperação no Corinthians, Avelar exerce lado empreendedor

LANCE!
·3 minuto de leitura


Há pouco mais de três semanas, Danilo Avelar recebeu uma triste notícia com o diagnóstico de uma ruptura no ligamento cruzado em seu joelho direito, que o vai deixar longe dos gramados por cerca de oito meses. No entanto, enquanto se recupera, o zagueiro aproveita para exercer seu lado empreendedor e agora investe em um aplicativo de captação de jogadores chamado Tero.

- Eu sempre gostei do empreendedorismo e estive envolvido com isso paralelamente ao futebol. Gosto de empreender, de inovar, de buscar ideias novas, porque eu tenho essa veia empreendedora - disse Avelar.

O aplicativo, que já funciona no mercado, permite que clubes vejam a qualidade de jogadores do Brasil inteiro e que os atletas tenham a oportunidade de mostrar o seu futebol. Agora, a plataforma recebe o reforço do zagueiro corintiano, que entra como investidor no negócio.

- Não pensei duas vezes em participar, porque é algo que eu me senti parte do negócio, pelo fato de poder ajudar os atletas que sonham em serem jogadores profissionais um dia, e estão longe das grandes capitais onde acontecem as peneiras, onde estão os olheiros. Então, eles acabam não tendo recurso financeiro para estarem nos grandes centros - contou o defensor alvinegro.

Bruno Pessoa, CEO do aplicativo Tero, não escondeu a satisfação de poder contar com Danilo Avelar como um dos investidores da plataforma.

- Ter um investidor do calibre do Danilo Avelar valida tudo o que estamos construindo na empresa. Ele tem a experiência como jogador e com certeza vai nos ajudar a criar as melhores soluções para aproximar atletas de todo o Brasil às melhores oportunidades no esporte.

Avelar, que acredita que o futebol cada vez mais está liga aos conceitos tecnológicos, explicou como funciona o aplicativo, que apresenta diversos filtros para encontrar o jogador que o clube deseja contratar.

- Ele consegue fazer a ligação de grandes clubes do Brasil e do mundo com o atleta que está no interior, que não tem empresário, que não tem perspectiva. A distância acaba diminuindo através dessa plataforma, porque possibilita que os jovens consigam esse sonho de ser atleta profissional.

- A plataforma vai ajudar os atletas e os próprios clubes. Por exemplo, você pode filtrar qual atleta tem interesse. Portanto, se o time está buscando um meio-campo, com 1,80 de altura, canhoto, esse aplicativo vai fornecer todos esses dados. Com isso, o clube ganha e otimiza tempo, e tem uma assertividade maior. É muito melhor do que você ter uma peneira de mil atletas para conseguir talvez apenas um - completou o raciocínio.

A vida empreendedora de Danilo Avelar não para por aí, tanto é que ele também é sócio de algumas empresas, como de uma clínica estética em Tamboré-SP, de um aplicativo de games que será lançado em breve, de uma organização de Counter-Strike Global Offensive (CS:GO) e eSports, além de ter sido sócio de um bar, restaurante e empresa de eventos, festas e formaturas.

- Não meço esforços para buscar alternativas além do futebol para pensar, passar tempo, e busco estudar. A carreira do atleta é muito curta. Quando acaba, muita gente se perde porque não sabe o que fazer depois. Eu não quero chegar nesse ponto. Então estou preparando uma base pós-carreira.