Em recuperação de lesão, Gilberto fala sobre rotina e fisioterapia em casa: 'Vai ajudar muito'


Enquanto muitos jogadores tentam manter a rotina de treinos durante a paralisação do futebol devido a propagação do coronavírus, outros ainda precisam se recuperar de lesões antes de voltarem aos treinos. É o caso do lateral-direito Gilberto, do Fluminense.

Com uma lesão na coxa esquerda sofrida na derrota para o Figueirense, pela Copa do Brasil, no último dia 11, o jogador precisou seguir o tratamento em casa durante a suspensão das atividades do departamento de futebol do Fluminense e o isolamento para evitar a propagação do coronavírus.

- Desde sábado estou dando seguimento ao tratamento em casa, fazendo bastante fisioterapia. Tenho os aparelhos aqui em casa. Isso vai me ajudar muito nesse período que a gente tem que ficar em quarentena - afirmou Gilberto em vídeo publicado pelo Fluminense nas suas rede sociais.

O lateral-direito também comentou como anda a sua rotina em casa durante este isolamento.

- Estou com meu sobrinho jogando videogame, gosto bastante de jogar FIFA, gosto de assistir filmes, tem muita opção de série também. Aproveito esse tempo para isso. Baralho, dama, gosto muito também. Usando a criatividade a gente pode fazer bastante coisa dentro de casa - finalizou o jogador.







Gilberto não é o único atleta do Fluminense que segue o tratamento de alguma lesão em casa. Digão (edema de grau 1 na coxa esquerda), Miguel (lesão de grau 2 na coxa direita) e Frazan (operou o ligamento do joelho direito) também passam pela mesma situação. O Fluminense disponibilizou equipamentos do clube para Gilberto, Frazan e Miguel. Digão não precisou pois já fazia trabalhos no campo antes da paralisação do futebol.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também