Em 'prova de equipe', Cavendish vence a 10ª etapa do Tour de France

·2 minuto de leitura


O britânico Mark Cavendish conquistou a 10ª etapa do Tour de France, nesta terça-feira. No trajeto entre Albertville e Valence, o ciclista usou a estratégia da sua equipe nos momentos finais para superar dois adversários e ampliou a vantagem na liderança da camisa verde – líder de pontos. Tadej Pogačar, atual campeão da competição, lidera a camisa amarela. A próxima etapa será disputada nesta quarta-feira em um percurso montanhoso de 198,9 quilômetros entre Sorgues e Malaucène.

Na disputa de hoje, Cavendish não estava na liderança a poucos metros do final. Uma estratégia da equipe Deceuninck - Quick-Step Cycling Team o garantiu um momento emocionante. Michael Mørkøv, companheiro de equipe, fez os 500 metros finais a 64km/h e deixou caminho aberto para a vitória do britânico. Van Aert e Philipsen ocupavam posições melhores, mas a estratégia em grupo foi o que garantiu as ultrapassagens perto da linha de chegada.

- Nós conhecíamos este final, sabíamos que tínhamos que dar aquela última curva larga para manter a velocidade. É graças a eles, eu não fiz nada em particular, apenas os 150 metros - destacou Mark Cavendish.

Para os rivais, o clima não favoreceu nesta etapa.

- O final não foi fácil. Com o vento, foi bastante estressante. É um dia a menos para se preocupar. Amanhã vai ser muito difícil, com duas subidas muito difíceis. Sei que é uma subida mítica - ressaltou o atual campeão do Tour de France, o esloveno Tadej Pogačar.

Após 10 etapas, o esloveno Pogačar lidera a camisa amarela (líder da classificação individual) e branca (ciclista mais jovem). Já Cavendish veste camisa verde com 218 pontos. O colombiano Nairo Quintana é o “rei da montanha” e veste a camisa de bolinhas.

L’Étape Brasil | L’Étape Rio

O Brasil terá duas edições na temporada 2021. O L’Étape Rio acontecerá de 19 a 21 de novembro, na Marina da Glória, e Campos do Jordão (SP), em 26 de setembro.

A etapa do Rio terá como sede a Marina da Glória, com percursos de 111 quilômetros e 62 quilômetros pela orla carioca.

Na versão completa da prova, os ciclistas irão até o Recreio dos Bandeirantes, e logo depois retornarão a Marina da Glória para cruzarem a linha de chegada.

Os participantes serão distribuídos na área da largada em grupos de acordo com seu condicionamento físico, ou seja, os mais rápidos largarão na frente.

Todos os protocolos de segurança a saúde publica por conta da pandemia de Covid-19 serão respeitados durante a prova.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos