Em primeiro clássico após retorno, Veiga tenta recuperar protagonismo no Palmeiras

Raphael Veiga em ação pelo Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)


Recuperado de lesão após perder a reta final da temporada passada por lesão no tornozelo, o meio-campista Raphael Veiga terá pela frente a chance de voltar a ser um dos protagonistas do Palmeiras justamente diante do rival que ajudou a massacrar na final do último Campeonato Paulista: o São Paulo.

Na ocasião, o meia anotou dois dos quatro gols da equipe de Abel Ferreira que sagrou-se campeã da edição. Agora, neste domino (22), às 16h, no Allianz Parque, as equipes voltam a se enfrentar pela terceira rodada do Estadual.

> Veja a tabela do Campeonato Paulista 2023


> Veja as principais transferências no Mercado da Bola do LANCE!

Raphael Veiga já deu provas de que está 100% depois de ficar quase cinco meses afastado dos gramados. O jogador anotou um golaço que garantiu a vitória palmeirense sobre o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto, na última rodada do campeonato. E, com a saída de Gustavo Scarpa, Veiga é a principal esperança palmeirense no maio.

Veiga está a um gol de alcançar a segunda posição na lista de artilheiros do Palmeiras neste século - ele já tem 65, logo atrás de Willian Bigode, com 66 - e a 34ª colocação na história do clube, posto ocupado por Willian, atualmente.

- Sempre gostei de marcar gols, sei que isso ajuda o Palmeiras de uma forma direta, tanto gol quanto assistência. Então procuro sempre que tenho oportunidade no jogo de finalizar, entrar na área, porque é ali que decide o jogo. Fico feliz por voltar a fazer gol e espero nessa temporada fazer muitos também - afirmou o meia.

O jogador acredita que jogar contra o Tricolor é sempre uma dificuldade, mas acredita na força palmeirense no primeiro clássico paulista da temporada.

- Todos os jogos que jogarmos até a Supercopa contra o Flamengo são jogos que vamos melhorar e vão nos ajudar a chegar ainda mais inteiros. O São Paulo é uma grande equipe, sempre que jogamos contra eles nos trazem muita dificuldade. É mais um jogo difícil e temos tudo para fazer um bom jogo se colocarmos nossa intensidade e competitividade, porque isso é a base do nosso time - completou Veiga.

Tanto Palmeiras quanto São Paulo buscam a segunda vitória no Paulistão. Ambos têm quatro pontos na competição e querem embalar para a sequência da temporada.