Em nome do elenco, capitão do Liverpool se posiciona sobre Superliga Europeia: 'Não queremos'

Nathalia Almeida
·1 minuto de leitura

Quase que em paralelo à notícia de que o Manchester City já deu entrada nos documentos para saída da Superliga Europeia, o capitão do Liverpool, Jordan Henderson, divulgou em suas redes sociais o posicionamento oficial do elenco vermelho quanto ao projeto.

Sucinto, mas no ponto, o volante de 30 anos foi o porta-voz do plantel do Liverpool em um breve comunicado público: "Nós não gostamos disso e não queremos que aconteça. Esse é o nosso posicionamento coletivo. Nosso compromisso com este clube de futebol e seus torcedores é absoluto e incondicional. Vocês nunca andarão sozinhos", publicou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

De acordo com a apuração da imprensa britânica, Henderson foi um dos jogadores que assumiu papel de liderança contra a Superliga Europeia, chegando a convocar uma reunião de emergência com os capitães dos outros clubes da Premier League.