Em noite molhada, Douglas garante a vitória do Vasco contra o Boavista

Hugo Mirandela

O Vasco jogou para o gasto e venceu o Boavista na noite desta quinta-feira, por 1 a 0, em São Januário, pela quinta rodada da Taça Rio, segundo turno do Carioca. O Cruz-Maltino precisou superar as dificuldades causadas por um temporal antes de a bola rolar, além dos muitos desfalques, inclusive um de última hora. Jomar não jogou por causa de confusão envolvendo o seu número de cartões. O gol da vitória foi de Douglas, que fez boa partida.

O jogo começou com quase 20 minutos de atraso por conta de uma forte chuva que caiu pouco antes do apito inicial e alagou o campo. Mesmo com a espera para melhorar as condições do gramado, os jogadores tiveram muitas dificuldades em trocar passes no primeiro tempo por causa das poças.


Lutando contra a água, os jogadores protagonizaram uma partida de muito contato e pouca criação na primeira etapa, já que era difícil de a bola rolar.

Por isso, as jogadas de perigo eram só os cruzamentos para a área. E foi assim que o Cruz-Maltino abriu o placar. Escudero cruzou para Douglas, que cabeceou para o gol. Rafael defendeu mal, a bola tocou na trave e voltou para o volante estufar a rede no rebote aos 19 minutos.

Substituto de Luis Fabiano, Thalles pediu para sair ainda no primeiro tempo após uma dividida. Muriqui entrou em seu lugar e teve boa chance, mas cabeceou mal.

O Cruz-Maltino teve outra boa chance de aumentar aos 29. Muriqui ganhou de cabeça e deixou Pikachu em boas condições pelo lado direito da área, mas ele acertou a rede pelo lado de fora.

O Boavista pouco assustou. Julio dos Santos, que substituiu Jomar na zaga, cortou mal e Maicon chutou, mas Martin só acompanhou a bola.

O Vasco voltou com a camisa branca para o segundo tempo. Douglas, fazendo uma boa partida, marcando e organizando a equipe, quase fez o segundo em chute de fora da área aos seis minutos.

Com o campo mais seco, ficou mais fácil a troca de passes e o Cruz-Maltino ficou perto de marcar em contra-ataque rápido. Muriqui deu belo passe para Nenê na entrada da área. Ele rolou na direita para Pikachu que invadiu, cortou o zagueiro mas chutou fraco de esquerda para defesa de Rafael.

O Boavista assustou em chute de Christiano, que bateu na rede, mas pelo lado de fora. Nenê respondeu logo em seguida. O meia arriscou de fora da área e Rafael espalmou no cantinho.

Os dois times ainda tiveram algumas oportunidades, mas não aproveitaram. Na última, a equipe de Bacaxá quase empatou. Tiago Amaral tocou de cabeça e Rafael Marques tirou em cima da linha.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 0 BOAVISTA




Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 30/03/2017 - 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)
Auxiliares: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Jackson Lourenço M. dos Santos (RJ)
Público/renda: 1.852 pagantes (2.088 presentes)/ R$ 52.175,00
Cartões amarelos: Andrezinho (VAS); Erick Flores, Thiaguinho (BOA)
Cartões vermelhos: -
Gols: Douglas (19'/1ºT) (1-0)

VASCO: Martin Silva, Gilberto, Rafael Marques, Julio dos Santos e Henrique; Douglas e Andrezinho; Yago Pikachu, Escudero (Bruno Gallo) e Nenê (Wagner); Thalles (Muriqui). Técnico: Milton Mendes.

BOAVISTA: Rafael, Lucas Rocha, Gustavo Geladeira, Anderson Luis e Christiano; Julio Cesar, Thiaguinho, Fellype Gabriel (Erick Flores), Maicon (Tiago Amaral), Mosquito e Marcelo Nicácio (Pedro Botelho). Técnico: Joel Santana.





























E MAIS: