Em meio a lamentações, Guardiola enaltece Jesus: 'Jovem especial'

Técnico do Manchester City lamuriou por não poder contar com o camisa 33 por mais jogos na temporada. O brasileiro retornou na última quinta, no clássico contra o United

Pep Guardiola externou o que pensa os torcedores do Manchester City. Após o empate em 0 a 0 com o arquirrival Manchester United, na última quinta-feira, pelo Campeonato Inglês, o técnico afirmou que Gabriel Jesus é " um jovem especial", além de lamentar não contar com o camisa 33 por mais jogos na competição. Cabe frisar que o brasileiro retornou na reta final do clássico.

- Gabriel é especial. Vou sempre pensar no resto da minha vida o que teria acontecido se Gabriel estivesse em boas condições na temporada no nosso time, porque não compramos outro jogador, porque ele chegou em janeiro. Jogamos dois, três meses com apenas um atacante (Agüero). Ele chegou e depois de três semanas se machucou. Gabriel é um talento especial, um jovem especial, mas tomara que ele possa nos ajudar nos últimos cinco jogos e, principalmente, possa nos ajudar no futuro no clube - disse Pep, em entrevista à emissora "BBC", que também explicou a pouca minutagem de Jesus no derby:

- Gabriel Jesus entrou no fim, jogou apenas sete, oito minutos, porque ele estava se recuperando de lesão. Tomara que ele esteja no próximo domingo, e na próxima semana. Gabriel precisa de minutos. Minutos. É o que vimos. Cinco, seis minutos, duas chances - concluiu o treinador espanhol.

Quarto colocado do Inglês, o Manchester City de Gabriel Jesus, com 65 pontos, volta a campo neste domingo, quando visita o Middlesbrough, às 10h (de Brasília), pela 35ª rodada. O LANCE! transmite a partida em tempo real.





E MAIS: