Em mais um confronto direto, Vasco visita o Fortaleza na luta contra o rebaixamento no Brasileirão

LANCE!
·3 minuto de leitura


Restam apenas quatro rodadas para o fim do Brasileirão e da atípica e conturbada temporada 2020. E o Vasco segue na luta para deixar a zona de rebaixamento e permanecer na elite do futebol brasileiro. Nesta quarta, o Cruz-Maltino terá pela frente mais um confronto direto, dessa vez diante do Fortaleza, às 19h15 (de Brasília), no Castelão. em jogo válido pela 35ª rodada. O confronto terá transmissão em tempo real do LANCE!.

> Confira e simule a classificação do Campeonato Brasileiro


Com a combinação de resultados da última rodada, o Gigante da Colina voltou a figurar entre os quatro últimos colocados. Apenas um ponto separa a equipe de São Januário do Leão do Pici, o que transforma a partida desta quarta em uma verdadeira decisão. Com 37 pontos, um empate tirará o time carioca do Z4 e colocará o Bahia na zona da confusão.

> Confira mais notícias sobre o Vasco da Gama

Para o duelo, o técnico Vanderlei Luxemburgo não poderá contar com o lateral-direito Léo Matos, que está suspenso após tomar o terceiro amarelo. Por outro lado, o time terá o retorno de seu capitão Leandro Castan, que foi expulso diante do Bahia, e não entrou em campo no clássico contra o Flamengo.

Pelos últimos treinamentos, a tendência é que o jovem Caio Lopes volte ao time no lugar do argentino Léo Gil. Em relação à lateral-direita, existe uma dúvida entre Cayo Tenório e Yago Pikachu. Caso o camisa 22 volte à sua posição de origem, o meio-campista Juninho poderá ser titular na decisão desta quarta-feira. Já o atacante Cano teve uma indisposição estomacal, mas se recuperou e estará em campo.

Após a derrota no clássico, Luxemburgo analisou a programação e comentou sobre a ausência de Léo Matos. Com isso, a tendência é que a equipe do Vasco que entrará em campo diante do Fortaleza é: Fernando Miguel; Pikachu (Tenório), Marcelo Alves, Castan (Ricardo Graça), Henrique; Bruno Gomes, Caio Lopes, Juninho (Pikachu), Benítez, Ygor Catatau e Cano.


- Tenorinho tem entrado muito bem, vamos analisar, já estamos analisando o Fortaleza. PIkachu é lateral, está preparado. Juninho entrou muito bem. O importante é arrumarmos um jeito. Não é tirar por tirar o abecedário todo. Torcedor do Vasco, o nosso elenco é esse e temos que extrair o máximo - disse o treinador.

Mais um jogo de seis pontos, em que o Vasco não pode tropeçar para não se complicar nas últimas três partidas contra o líder Internacional, Corinthians e Goiás. O time tem tido muita dificuldade nesses confrontos diretos e deixou pontos pelo caminho. Da parte de baixo da tabela, o Cruz-Maltino só derrotou Botafogo e Sport.

. Quando acha que vai ganhar, perde. Quando acha que íamos ganhar do Coritiba, perdemos. Fluminense ganha do Bahia. Não dá para saber. Tenho a matemática, mas não podemos falar. Se não conseguirmos, vamos ter que buscar pontos em algum lugar que não era como contra o atlético. Nosso campeonato, realidade, é esse. Nosso é aqui embaixo. Tenho que preparar nossos jogadores para nós nos mantermos na primeira divisão - elucidou Luxa.

- Estamos trabalhando muito, jogadores sabem que a nossa competição é outra. se entenderam mal o patamar, o Vasco é tão grande quanto o flamengo, mas não posso enganar o torcedor. meu título é outro. é manter o Vasco. ano que vem quero disputar título. mantendo o Vasco, fazer planejamento - finalizou.