Em jogo sem emoções, Athletico-PR bate o América-MG em Curitiba

·2 minuto de leitura


Em um jogo de poucas emoções, o Athletico-PR derrotou o América-MG por 1 a 0, gol de Carlos, aos 42 minutos do segundo tempo, começando com o pé direito o Campeonato Brasileiro. O Coelho, de volta à elite nacional, não conseguiu evitar a derrota para o Furacão na estreia, neste domingo, na Arena da Baixada.

O duelo foi com baixa produção ofensiva de ambos os lados. Quando o jogo caminhava para o empate, Carlos conseguiu tirar o zero do placar e dar os três pontos aos paranaenses.

Sem transmissão pela TV
Como o Athletico-PR tem contrato apenas para transmissões na TV Aberta e fechada só com a TNT Sports, o duelo não foi televisionado. Para que houvesse transmissão, o América-MG teria de ter acordo na TV fechada com a Turner, dona da TNT, ou o Furacão com a Globo para o Pay Per View.

O duelo entre Furacão e Coelho não teve brilhantismo na Arena da Baixada, com os dois times muito travados no ataque
O duelo entre Furacão e Coelho não teve brilhantismo na Arena da Baixada, com os dois times muito travados no ataque

Athletico-PR venceu o América-MG (Estevão Germano/América-MG)

Próximos jogos

O Coelho encara o Criciúma na quarta-feira, 2 de junho, às 21h30, pela terceira fase da Copa do Brasil, no Independência. Pelo Brasileiro, no domingo, 6, em casa, os mineiros recebem o Corinthians, às 16h.

A agenda do Furacão também será intensa. Na quinta, 3 de junho, às 19h, duela com o Avaí, também pela Copa do Brasil. No Brasileirão vai até Caxias do Sul pegar o Juventude, às 18h15 do domingo, 6 de junho.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

ATHLETICO-PR 1 X 0 AMÉRICA-MG
Data:30 de maio de 2021
Horário: 18h15 (de Brasília)
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Cartões amarelos: Nikão (ATH), Anderson Jesus (AME), Zé Ricardo (AME)
Cartões vermelhos:
Gols: Carlos, aos 42’-2ºT(1-0)

ATHLETICO-PR (Técnico: Antônio Oliveira)

Santos; Khellven (Marcinho, aos 41’-2ºT), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Christian (Leo Citadini, aos 41’-2ºT) e Jadson (Carlos Eduardo, aos 12’-2ºT); Vitinho (Terans, aos 32’-2ºT), Nikão e Renato Kayzer (Matheus Babi, aos 13’-2ºT).

AMÉRICA-MG (Técnico: Lisca)

Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Eduardo Bauermann, Anderson Jesus e Marlon(Alan Ruschel, aos 38’-2ºT); Zé Ricardo, Juninho e Alê; Bruno Nazário (Geovane, aos 18’-2ºT), Rodolfo (Ademir, aos 34’-2ºT) e Felipe Azevedo (Ramon, aos 15’-2ºT).