Em jogo de reencontros e jejum de oito anos, Fluminense tenta voltar a vencer contra o Internacional

LANCE!
·2 minuto de leitura


Fora da partida do primeiro turno depois de uma suspeita de Covid-19, Odair Hellmann irá reencontrar pela primeira vez o clube que o revelou como jogador e treinador, o Internacional. Por coincidência, a 22ª rodada do Campeonato Brasileiro marcou também seu último jogo no comando do Colorado atuando no Beira-Rio, palco deste duelo, já que o técnico acabou demitido poucos dias depois, mas em jogo fora de casa. A partida será neste domingo, às 18h15, e tem transmissão em tempo real do LANCE!.

VEJA A TABELA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

O jogo também marcaria o reencontro de Abel Braga com o Flu, onde fez seu último bom trabalho. No entanto, o treinador não estará à beira do gramado, já que testou positivo para Covid-19. Mesmo assim, não deixará de ser uma ocasião especial. O Tricolor não bate o Inter no Beira-Rio desde setembro de 2012, quando Fred marcou o gol único da partida. Na época, era o próprio Abel quem estava no comando do Flu. Desde então, foram seis encontros: cinco vitórias do Colorado e um empate.

E é do histórico de Odair que o Fluminense precisará para se apoiar aos números. Em encontros com seu ex-treinador a equipe de Laranjeiras venceu só três vezes. São 10 vitórias para Abel e cinco empates. Já o atual técnico venceu 41 vezes no Beira-Rio, empatando 10 e perdendo cinco.

Precisando vencer, as duas equipes estão cheias de desfalques para este duelo. Do lado do Inter, que deve ir com um time misto visando o confronto da Libertadores contra o Boca Juniors, as ausências são Daniel, com Covid-19, Moisés e Abel Hernández, machucados, e os suspensos Heitor e Rodrigo Lindoso. Já o Flu não terá Fred e Igor Julião, lesionados, Dodi, afastado em definitivo, Hudson, Egídio, Fernando Pacheco, Michel Araújo e Nino, todos com Covid-19.

- O fato de o Internacional estar em duas outras competições (Copa do Brasil e Libertadores) pode ser interessante para nós, já que eles têm desgaste maior e foco também em outras competições. Nosso jogo vai ser muito difícil do mesmo jeito. Eles são muito fortes no Beira Rio. Pode ser que a situação nos dê uma vantagem física e mental, mas na hora do "vamos ver" ninguém vai lembrar disso - avaliou Nenê em entrevista coletiva.

O Fluminense é o oitavo colocado no Brasileirão, com 32 pontos. A equipe vem de duas derrotas consecutivas e tenta se recuperar na competição. O Inter ainda não se encontrou após a saída de Eduardo Coudet e tem quatro partidas sem vencer, incluindo a eliminação na Copa do Brasil.