Em jogo de poucas emoções, Cruzeiro e Atlético empatam sem gols

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - O primeiro capítulo da final mineira aconteceu neste domingo (30) e terminou com um empate sem gols entre Cruzeiro e Atlético.

Dentro do Mineirão, as equipes fizeram um jogo que chamou atenção pela postura defensiva e de qualidade nos dois lados, o que contribuiu com o placar inalterado.

O time cruzeirense chamou a responsabilidade e praticamente mandou durante todo o primeiro tempo.

Sem permitir que o rival sequer chutasse ao gol de Rafael, o Cruzeiro chegou a ter mais de 70% de posse de bola. Porém, a velocidade das transações, assim como as jogadas pelos lados não surtiram efeito, muito por causa da boa marcação alvinegra.

O Atlético conseguiu desacelerar a partida e não passou tanto sufoco, levando-se em consideração o domínio e alto volume de posse de bola do rival.

Mas no ataque, as coisas não fluíram bem para a equipe alvinegra. Nas poucas chances que o time ficou com a bola, jogadores como Robinho e Fred também encontraram dificuldades e mal participaram do jogo.

Com o resultado, o Atlético vai para a segunda partida precisando de apenas mais um empate para sair campeão. Ao time celeste, somente uma vitória interessa se quiser sair do Horto com a taça.

O duelo de volta será no próximo domingo (7), às 16h, na Arena Independência.

CRUZEIRO

Rafael; Mayke, Léo, Kunty Caicedo e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson; De Arrascaeta, Thiago Neves (Ábila), Rafinha (Alisson); Rafael Sóbis. Técnico: Mano Menezes.

ATLÉTICO-MG

Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Elias; Marlone (Otero), Maicosuel (Adilson), Robinho (Cazares); Fred. Técnico: Roger.

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Juiz: Dewson Fernando Freitas da Silva

Cartões amarelos: Maicosuel, Gabriel (CAM)