Em jogo para Jorge Jesus: renovação curta com Flamengo e interesse do Newcastle

Goal.com

Com previsão para voltar ao Brasil no início de maio, Jorge Jesus ainda está com o futuro indefinido no Flamengo. A Goal apurou que neste momento existem dois cenários sendo estudados com mais interesse pelo treinador português: buscar inicialmente um acordo para uma renovação curta, até dezembro deste ano, ou ficar livre para aguardar a eventual concretização de uma proposta da Europa, em especial do Newcastle, da Inglaterra.

Vinculado ao Rubro-Negro apenas até junho, Jorge Jesus iniciou 2020 pensando num contrato maior, até por isso chegou a cogitar uma extensão até o fim de 2021. Por causa da pandemia do novo coronavírus e, principalmente, da crise política instalada nos últimos meses, houve uma mudança repentina de planos. Ele descarta pensar num plano a longo prazo no país, ao menos neste momento.

Aos 65 anos, Jesus, que busca um reajuste salarial de aproximadamente 50% para permanecer na Gávea, está preocupado com a instabilidade financeira do Brasil. Mais experiente e consciente, sobretudo depois da experiência de ter aceitado quase que de imediato a saída de Portugal para rumar ao Al Hilal, da Arábia Saudita, o treinador não vê problema em ficar um período sem trabalhar até receber uma oferta mais vantajosa.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Outro motivo que tem pesado nos planos de Jorge Jesus é o "novo velho" desejo do Newcastle. O português foi avisado que, juntamente com Mauricio Pochettino, é um dos cotados para dirigir na próxima temporada o clube inglês, que está muito perto de ser vendido por 300 milhões de libras para o Fundo de Investimento Público (PIF), liderado pelo príncipe herdeiro árabe Mohammed bin Salman, cujo projeto ambicioso é bater de frente com os poderosos Chelsea, Manchester City e Manchester United.

A negociação entre árabes e ingleses tem Pini Zahavi (na foto), que desde fevereiro de 2019 passou a representar a carreira de Jorge Jesus, como um dos principais intermediadores. O influente empresário isralense, vale lembrar, já chegou a entregar ao português uma oferta dos próprios Magpies. Na ocasião, Jorge Jesus, que agora também tem o português Bruno Macedo como representante, não se animou com o projeto e, poucos dias depois, fechou com o Flamengo.

Flamengo quer contrato longo

Pensando a longo prazo, o Flamengo tem como prioridade renovar com Jorge Jesus, se possível, até dezembro de 2021. A diretoria rubro-negra, no entanto, também está preocupada com a crise financeira, visto que hoje o euro está batendo a casa dos R$ 6.

Leia também