Em jogo morno, Fluminense de Feira e Bahia ficam no empate

Futebol Latino
·2 minuto de leitura


Pela 6ª rodada do Campeonato Baiano, no estádio Joia da Princesa, o Fluminense de Feira e Bahia empataram pelo placar de 1 a 1. Os gols saíram no primeiro tempo. O Tricolor de Aço abriu o marcador no início do jogo, poderia de ampliado, mas não aproveitou o momento de superioridade. O Touro do Sertão aproveitou a oportunidade que teve e empatou ainda na etapa inicial. Com o resultado, o Flu está em 8º lugar, com 5 pontos. O Bahia está 6º, com 6 pontos.

Na próxima rodada, o Fluminense de Feira enfrenta o Jacupiense, enquanto o Bahia pega o Atlético-BA. Ambas as partidas serão realizadas no dia 04 de abril.


A partida

BAHIA MARCA LOGO DE CARA E DOMINA O JOGO
Os garotos do Bahia entraram a mil por hora e abriram o marcador logo de cara. Aos 3 minutos, Ignácio jogou a bola para dentro da área, a defesa do Flu de Feira vacilou e Ronaldo aproveitou para fazer: 1 a 0.
O Tricolor de Aço dominava a partida e o máximo que o Fluminense de Feira conseguia era se defender para não tomar o segundo gol. A superioridade era tão grande, que o Bahia tinha 70% da posse da bola e 3 finalizações e dois escanteios. Enquanto isso, o Tourão do Sertão só tinha conseguido chutar uma vez.

QUEM NÃO FAZ, TOMA!
Como o Bahia não conseguia transformar sua ampla superioridade em gols, o Fluminense resolveu especular para ver o que acontecia. E o que aconteceu foi o gol dos donos da casa. Aos 22, após escanteio curto, Guilherme Quijingue chutou direto para o gol, surpreendeu o goleiro Junior e igualou o placar: 1 a 1.

O gol animou o Touro do Sertão que foi para cima. Aos 34 minutos da etapa inicial, o segundo gol poderia ter saído em finalização de Arnold. Após cruzamento de Guilherme, o lateral soltou a bomba e assustou o goleiro Junior, do Bahia.

SEM CRIATIVIDADE E POUCAS CHANCES CRIADAS
Bahia e Fluminense de Feira não voltaram bem para etapa complementar. Ambas as equipes tiveram muita dificuldade em criar oportunidades de perigo nos 30 primeiros minutos do segundo tempo.

BAHIA MELHOR NA RETA FINAL, MAS O GOL NÃO SAIU

Com as alterações, o Bahia deu uma melhorada do meio para o final da etapa final e conseguiu criar boas chances. Mas Raniele (duas vezes) e Felipinho desperdiçaram as chances do Tricolor de Aço de fazer o gol da vitória.