Em jogo fraco, Vitória empata no final e freia sonho de acesso do Avaí

Futebol Latino
·3 minuto de leitura


Diretamente da Ressacada, Avaí e Vitória, que possuem objetivos distintos na Série B, se enfrentaram pela 34ª rodada da competição. Lutando pelo acesso, o Leão da Ilha esteve na frente do placar por duas vezes e ficando a dois pontos do G-4, mas viu os rivais correrem atrás e o jogo terminar em 2 a 2.

Com o resultado, o Avaí mantém o sonho de subir para a Série A, mas o objetivo é freado. A equipe de Claudinei foi para 48 pontos e fica a quatro do CSA, primeiro do G-4 que tem 52 pontos. O pontinho do Vitória não alivia, mas deixa os baianos com 38 pontos, dois a mais que o primeiro do Z-4.

Ainda na luta pelo acesso, o Avaí faz o confronto direto contra o CSA no sábado (16), às 16h30 (de Brasília). O Vitória, por sua vez, joga no dia seguinte contra a Chapecoense, que já garantiu retorno à Série A. O duelo está agendado para às 16h (de Brasília).

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO

O jogo começou estudado pelas equipes, mas na sequência o Avaí foi se soltando e se sobressaindo no ataque. Ronaldo fez a primeira tentativa do Leão da Ilha em cobrança de escanteio, mas a bola foi para fora. Na jogada seguinte, Valdívia avançou pelo meio e chutou rasteiro de fora da área onde obrigou César a jogar para escanteio. Mas no corner, o próprio camisa 10 aproveitou desvio de Rômulo e de primeira abriu o marcador aos 11 minutos.

Lutando contra o Z-4, o Vitória não mostrava reação nenhuma e assistia o Avaí trocar passes desde a defesa. As poucas jogadas dos baianos no ataque do time rubro-negro eram por meio de jogadas aéreas, seja levantamento na área ou escanteio. Eram poucos os recursos da equipe de Rodrigo Chagas no primeiro tempo.

Após conseguir o resultado, o Avaí diminuiu o ritmo e administrou o placar. Com isso, o Vitória cresceu sua posse de bola, teve chegadas timidas no ataque, mas que foram bem cortadas pela defesa catarinense. Um jogo de boa movimentação, mas de forma geral o primeiro tempo entre os times foi morno.

COMO FOI O SEGUNDO TEMPO

Na volta do intervalo, o Avaí entrou desligado e foi surpreendido pelo Vitória. Vico leva a bola da direita até a entrada da área e dá lindo passe para Fernando Neto, que tocou na saída de Glédson. Nos minutos seguintes, os catarinenses sentiram o gol e não conseguiram produzir, enquanto os baianos se acomodaram com o resultado e pouco fizeram para tentar virar o duelo.

O duelo continuou sem sal minutos mais tarde. O Vitória se assentou no gol de empate, enquanto o Avaí não mostrou agressividade apesar de trocar passes. Para quem assistiu, o jogo até seus 30 minutos foi bem fraco. Mas foi ai que apareceu a estrela de Jonathan, que aproveitou o rebote de César em um chute de Valdívia, e colocou os catarinenses novamente na frente no placar. O camisa 39 entrou no jogo aos 17 minutos e marcou aos 32 minutos.

Aos 38 minutos, o Vitória por pouco não igualou o marcador após um cruzamento venenoso a meia altura de Rafael Carioca, que Léo Ceará não conseguiu aproveitar. O Avaí novamente ficou mais reativo após o gol e os baianos aos poucos cresciam a posse de bola. No erro do adversário, os catarinenses usavam do contra-ataque para avançar, mas eram poucos os jogadores para ajudar no campo ofensivo.

E o Avaí novamente pagou pelo recuo. Aos 45 minutos, Alisson Farias cruzou com precisão para Léo Ceará. O artilheiro testou firme para o fundo das redes para empatar o duelo e dar números finais.