Scarpa brilha e comanda virada nos acréscimos do Palmeiras sobre o Bahia no Brasileirão

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·4 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro 2021, o Palmeiras virou nos acréscimos diante do Bahia, por 3 a 2, no Allianz Parque. Gustavo Scarpa, Raphael Veiga e Breno Lopes fizeram para os mandantes, enquanto Luiz Otávio e Maycon Douglas anotaram os gols para os visitantes.

Veja os melhores memes da derrota do Flamengo para o Juventude

Com a vitória, o Verdão alcança os 13 pontos na competição nacional. O Tricolor de Aço conhece sua segunda derrota no torneio e estaciona nos 11 pontos.

Na próxima rodada, os comandados de Abel Ferreira visitam o Internacional, na quarta-feira (30), às 19h. No mesmo horário, a equipe de Dado Cavalcanti recebe o América-MG.

PINTURA DE SCARPA

Logo no início da partida, aos seis minutos, o Palmeiras conseguiu abrir vantagem no marcador. De muito longe, Gustavo Scarpa cobrou falta com maestria, sem chances para Matheus Teixeira defender.

RESPOSTA IMEDIATA DO TRICOLOR DE AÇO

O Verdão comemorou a vantagem por apenas seis minutos. Aos 11 minutos, no lado direito, Rodriguinho cobrou falta na área. Luiz Otávio testou firme contra a meta de Jaílson, deixando tudo igual no Allianz Parque.

BAHIA FLERTA COM A VIRADA

Após um início agitado, as equipes não tiraram o pé do acelerador e continuaram mostrando intensidade. O Verdão voltou a incomodar com Luiz Adriano, que teve chute cruzado defendido por Matheus Teixeira.

O Tricolor de Aço conseguia trocar passes com facilidade, e ficou muito perto de virar o jogo na primeira etapa.

Aos 43 minutos, após boa trama pelo lado direito, Nino Paraíba cruzou rasteiro. Sozinho, Gilberto furou a bola e perdeu a chance de deixar a equipe baiana em vantagem.

Dois minutos depois, foi a vez de Thaciano perder uma chance incrível. O meia saiu na cara do gol de Jaílson, mas tentou toque por cobertura, facilitando o trabalho do arqueiro alviverde.

VEJA TABELA E SIMULE AS PRÓXIMAS RODADAS DO BRASILEIRÃO

ROSSI CARIMBA A TRAVE

Após o intervalo, o Bahia seguia explorando a lentidão defensiva do Palmeiras, que trocava passes mas não conseguia criar jogadas de perigo.

Rossi fez bonita jogada pela esquerda, cortou para dentro e mandou chute com efeito. A bola bateu na trave.

VIRADA COM O DEDO DO TREINADOR

O Bahia era a equipe dominante na partida e criava as melhores chances. Com a entrada de Maycon Douglas, que já tinha desperdiçado uma ótima chance, o Tricolor de Aço virou o jogo. O jogador que entrou no segundo tempo fez linda jogada individual, deixou dois marcadores para trás e desempatou o jogo.

SCARPA COM O PÉ CALIBRADO

Logo depois do gol sofrido, o Verdão foi ao ataque e retomou o empate em lance de bola parada. Scarpa cobrou falta na área e Raphael Veiga deu leve desvio para igualar novamente o jogo no Allianz Parque.

Na sequência do gol, Juninho tirou um gol de Breno Lopes. Do outro lado, Daniel carimbou a trave após jogada de Rossi.

O Verdão conseguiu a virada após passe primoroso do camisa 14 para Breno Lopes. O atacante invadiu a área e sacramentou a vitória por 3 a 2 para o Palmeiras.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 x 2 BAHIA

Data: 27 de Junho de 2021, domingo
Horário: 20h (horário de Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo
Público/renda: Sem público
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim – AB/AL
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque – AB/AL e Brigida Cirilo Ferreira – AB/AL
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira – AB/MG, Marcus Vinicius Gomes – AB/MG e Emerson Luiz Sobral – CBF/PE
Cartões amarelos: Danilo, Kuscevic (PAL); Rossi, Matheus Bahia e Patrick de Lucca (BAH)
Cartões vermelhos:
Gols: Gustavo Scarpa (6'/1ºT) (1-0); Luiz Otávio (11'/1ºT) (1-1); Maycon Douglas (28'/2ºT) (1-2); Raphael Veiga (32'/2ºT) (2-2) e Breno Lopes (46'/2ºT) (3-2)

PALMEIRAS: Jaílson, Marcos Rocha (Gabriel Menino, 10/2ºT), Luan, Kuscevic e Victor Luís, Danilo (Patrick de Paula, 10/2ºT), Danilo Barbosa (Raphael Veiga, 11/2ºT) e Scarpa; Rony (Deyverson, 32/2ºT), Luiz Adriano (Zé Rafael, 11/2ºT) e Breno Lopes. Técnico: Abel Ferreira

BAHIA: Matheus Teixeira; Nino Paraiba, Luiz Otávio, Juninho e Matheus Bahia (Juninho Capixaba, 41/2ºT); Patrick de Lucca (Jonas, 27/2ºT), Daniel, Thaciano (Pablo, 27/2ºT); Rodriguinho (Maycon Douglas, 20/2ºT), Rossi (Óscar Ruiz, 41/2ºT) e Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos