Ainda sem Messi e Neymar, PSG vence Brest e segue 100% no Francês

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Nesta sexta, o Paris Saint-Germain venceu o Stade Brestois por 4 a 2, no Estádio Francis Le Blé, em jogo válido pela terceira rodada da Ligue 1. Em partida movimentada e com muitos gols, os parisienses encerraram a rodada como líderes do campeonato. Ander Herrera, Mbappé, Gueye e Di Maria marcaram os gols do PSG, enquanto Honorat e Mounié descontaram.

Os momentos antes da partida foram marcados pela expectativa da estreia de Messi, mas o argentino não foi relacionado. Neymar também ficou na capital francesa para treinos.

PRESSÃO INICIAL

A primeira etapa foi dominada pelo Paris Saint-Germain. Nos minutos iniciais, o jogo se concentrou na área do Brest, mas as finalizações do visitante não levavam grande perigo. No decorrer da partida, o alvirrubro conseguiu encaixar contra-ataques a partir do meio-campo. O mandante até teve boa chance com uma falta perto da área, mas não aproveitou a oportunidade.

+ VÍDEO: Confira os melhores momentos da semana de treinos de Messi no PSG


PRIMEIRO TEMPO QUENTE
Pelo PSG, Hakimi brilhou na linha de fundo e conseguiu colocar a bola em pontos estratégicos. A equipe continuou crescendo e, aos 23 minutos, Herrera abriu o placar para os parisienses. Pressionado, o Brest recuou e passou a apenas reagir às investidas do adversário, mas pouco adiantou. Após bate e rebate na área, Mbappé cabeceou e marcou o segundo do Paris. Já nos minutos finais, Honorat diminuiu o prejuízo para o time da casa e descontou o placar.

> Confira a classificação dos clubes da Ligue 1

LENTO... MAS PERIGOSO

No segundo tempo, o jogo perdeu velocidade, mas seguiu com as equipes tentando alterar o resultado. Com a dinâmica mais cadenciada, o Brest buscou aproveitar as brechas e invadir a área. Após um desarme, o mandante adiantou uma jogada e criou uma chance de gol, mas Navas fez grande defesa com os pés ao sair da meta.

GOLAÇO!
Aos 28 minutos, uma cobrança de escanteio aparentemente infértil do PSG gerou o lance da partida. Icardi furou o cabeceio, mas Herrera recuperou a bola e atrasou para Gueye que, da intermediária, estufou a rede em um golaço de fora da área que deu certa tranquilidade ao PSG.

EMOÇÃO NO FIM
Inconformado, o time mandante não se abateu e seguiu fiel à sua estratégia e obrigou Navas a fazer duas defesas em sequência. Aos 85 minutos, a equipe avançou livremente e Faivre rolou para Steve Mounié, que marcou o segundo gol do Brest. Os alvirrubros ainda tentaram mais duas finalizações, mas em contra-ataque mortal, o PSG matou o jogo com um golaço de Angel Di Maria, com um toque de classe por cobertura.

SEQUÊNCIA
Até agora, o Paris Saint-Germain acumula três vitórias e assume o primeiro lugar na tabela pelo saldo de gols, pelo menos até domingo, quando Angers e Clermont entram em campo, enquanto o Stade Brestois segue sem vencer na competição, com dois empates e uma derrota. Na próxima rodada, o PSG pode ter as estreias de Messi e Neymar, contra o Reims, fora de casa, no domingo (29). O Brest, no mesmo dia, visita o Strasbourg.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos