Em jogo acirrado, Flamengo vence Aparecidense e assume liderança do Grupo 5 da Copinha

Lorran brilha em partida aberta em Jaú  (Reprodução / GE


O Flamengo suou além da conta, mas saiu de campo com a vitória por 2 a 1 sobre a Aparecidense, em jogo válido pela segunda rodada do Grupo 5 da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Em partida aberta realizada no Estádio Zezinho Guimarães, o Rubro-Negro viu Lorran contou com dois gols de Lorran para sair de campo vitorioso. Felipe Vieira marcou um gol contra a equipe goiana.

Com o resultado, os rubro-negros vão a quatro pontos e assumem a liderança ao lado do Floresta-CE. O Camaleão, por sua vez, está eliminada. A equipe de Márcio Torres volta a campo no domingo (9) para encarar a equipe cearense.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

FORTE INÍCIO RUBRO-NEGRO

Mais ofensivo, o Flamengo empilhou chances diante de uma Aparecidense confusa defensivamente. Bastante participativo, Ryan Luka teve três chances, mas não conseguiu abrir o placar. Em seguida, Petterson aproveitou espaço e concluiu rasteiro, obrigando Ramon a se esticar para defender.

A equipe goiana ensaiou uma reação em cruzamento de Cauan Bidu na qual Felipe arriscou o carrinho. Mas os rubro-negros continuaram a ser mais contundentes em campos.

NO EMBALO DE LORRAN, FLAMENGO ABRE VANTAGEM

Com liberdade para cercar a área, o Flamengo começou a encaminhar sua vitória. Petterson arrancou até a esquerda e cruzou. Lorran encheu o pé e estufou a rede aos 27. Mesmo na frente, o Rubro-Negro seguiu firme e logo ampliou.

Após roubar a bola de um adversário, Ryan Luka deu passe venenoso. Lorran correu até a área e mandou com firmeza para o gol aos 39. Embalado, o Rubro-Negro viu Ryan Luka aproveitar brecha e tentar duas vezes, mas o goleiro Ramon salvou.

GOL CONTRA 'ACENDE' A APARECIDENSE

Os rubro-negros tentaram manter o ímpeto na volta do intervalo. Porém, tropeçavam em erros e no preciosismo. Mais ajustada, a Aparecidense rondou a área e tentou lançamentos com Bruno e Diogo.

Até, aos 13 minutos, a equipe chegar ao seu gol. Brunno desceu pela esquerda e alçou para a área. O zagueiro rubro-negro Felipe Vieira tentou o corte e acabou mandando para dentro do gol. Os ânimos, porém, foram arrefecidos logo depois. Em contra-ataque do Flamengo, Ryan Luka partia partia com liberdade quando foi derrubado por Dyego na intermediária. O camisa 8, que já tinha amarelo, foi expulso.

JOGO MUITO ABERTO E VITÓRIA DO FLAMENGO

Os flamenguistas indicaram uma retomada do fôlego e viram Petterson avançar com tudo, mas concluir duas vezes e a zaga da equipe goiana salvou. No entanto, a Aparecidense continuou a rondar a área, em especial em jogadas pelos lados. Após o Rubro-Negro tentar sucessivos cruzamentos, O camisa 11 voltou a ter chance, mas mandou para fora.

Em seguida, o terceiro quase veio em duas chances após cobrança de escanteio. Num desvio de Fred, a bola passou rente à trave. No lance seguinte, Evertton encheu o pé e Ramon salvou. Dyego Alves ainda caiu para salvar chute traiçoeiro de Brunno. A disputa ficou ainda mais acirrada nos acréscimos. Alex ainda arriscou de longe e mandou rente à trave.

O Flamengo voltou a ter chance em bola alçada para a área, mas Petterson subiu com atraso. Após uma disputa acirrada, o Rubro-Negro saiu de campo com a vitória.


FICHA TÉCNICA

APARECIDENSE-GO 1x2 FLAMENGO

Estádio:
Zezinho Guimarães, em Jaú (SP)
Data e hora: 5 de janeiro de 2023, às 21h45
Árbitro: Pedro Henrique Alves de Paula
Assistentes: Gabriel Rodrigues Santos e Juliana Vicentin Esteves
Analista de vídeo: Alexandre Luis Gonçalves


Cartões amarelos: Cauan Bidu, Dyego (APA)

Cartão vermelho: Diego (APA)

Gols:
Lorran, 27/1T (0-1), Lorran, 39/1T (0-2), Felipe Vieira (contra), 13/2T (1-2)


APARECIDENSE (Técnico: Rodrigo Lirio)

Ramon; Robinho (Ruan, intervalo), Azevedo e Marcelo; Gabriel, Lucas Bispo (Fred, 25/2T), Dyego, Felipe (Guilherme Martins, 22/2T) e Cauan Bidu (Brunno, intervalo); Diogo e Zé Henrique (Alex, 22/2T).

FLAMENGO (Técnico: Marcio Torres)

Dyogo Alves; Felipe Brian, Iago (Felipe Vieira, 10/2T), Darlan e Zé Welinton; Evertton, Jean Carlos (Lucas Bauru, 20/2T), Lorran e Rodriguinho (Felipe Lima, 20/2T); Petterson e Ryan Luka.