Em homenagem a Pelé, Cristo Redentor é iluminado de verde e amarelo

As nuvens impediram que a homenagem fosse vista de alguns pontos da cidade FOTO: Mauro PIMENTEL / AFP


Maior jogador da história do futebol, Pelé morreu, aos 82 anos, nesta quinta-feira, em São Paulo, por falência de múltiplos órgãos. As homenagens a Edson Arantes do Nascimento seguem por todo mundo. No Rio de Janeiro, o Cristo Redentor, principal ponto turístico da cidade, foi iluminado de verde e amarelo para saudar o Rei, tricampeão da Copa do Mundo pela Seleção Brasileira.

- O Santuário Arquidiocesano Cristo Redentor manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento do Sr. Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, maior ídolo do futebol brasileiro e mundial. O monumento ao Cristo Redentor ficará iluminado nas cores do Brasil durante toda a noite desta quinta-feira, a partir das 18h, em homenagem ao atleta do século, que encantou o mundo inteiro em vida e sempre será uma grande inspiração a todos os brasileiros - diz a nota.

+ Mundo do futebol lamenta morte do Rei Pelé: 'Talento dado por Deus'

Pelé teve uma progressão no câncer de cólon, que gerou problemas nos demais órgãos do ex-jogador. O Rei do Futebol estava internado no Hospital Albert Einstein desde o dia 29 de novembro e morreu um mês após a entrada no centro médico.

+ Pelé eterno: saiba os times que mais sofreram gols do Rei