Em fase mais artilheira no Brasil, Guerrero conquista torcida e assume protagonismo no Fla

Contratado para ser ídolo e referência do Flamengo em 2015, Paolo Guerrero não teve um começo a altura de seu investimento no time Rubro-Negro. Depois de um período de seca, ausência de gols em clássicos e em jogos decisivos, o peruano viu seu nome diversas vezes especulado para deixar a equipe carioca. Mas tudo mudou quando o meia Diego chegou ao clube, dividindo a responsabilidade, o camisa 9 viu seu futebol crescer e hoje vive a melhor fase com a camisa do Mais Querido.

Enfim, acabou o caô e, hoje, Guerrero é a esperança de gols do Flamengo no importante duelo contra o Atlético-PR, nesta quarta-feira(26), pela Copa Libertadores da América. Muito mais do que isso, o atacante tem a missão de suprir a ausência de Diego em campo, não só tecnicamente mas como uma liderança para o grupo também.

Guerrero Flamengo x Botafogo Carioca 23 04 17

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

E isso, o peruano mostrou que pode fazer. Contra o Botafogo, na semifinal do Campeonato Carioca, foi ele quem liderou a equipe na vitória que significou a classificação para a grande decisão do campeonato. Além dos dois gols, Guerrero também fez função de meia, voltando várias vezes para ajudar na construção das jogadas. Marcou, brigou e sacudiu a torcida presente no estádio.

Nesta temporada, Guerrero soma 10 gols em 13 jogos com a camisa do Flamengo. 9 tentos em 9 partidas no Campeonato Carioca. Esse é o início é o melhor início de temporada do atacante no futebol brasileiro. Para se ter uma ideia, no ano passado, seu melhor ano, o peruano foi as redes 18 vezes em 38 partidas. Hoje, em abril, Guerrero já tem mais da metade dos gols.

GFX Paolo Guerrero temporadas no Brasi

O técnico Zé Ricardo não poupou elogios ao atacante após o clássico contra o Botafogo no último domingo. Ele ressaltou a qualidade de Guerrero também fora da área.

"Vários aspectos explicam essa fase do Guerrero. Na área é perigoso; quando sai da área, sabe o que fazer. Além de saber fazer gols, sabe servir bastante também. Ele assumiu realmente o protagonismo que a gente espera dele. Faz o papel e tudo aquilo que a gente espera dele".

Apesar da boa fase, pela Copa Libertadores da América, principal competição do Rubro-Negro na temporada, Guerrero foi as redes apenas uma vez em três jogos, justamente contra o Atlético-PR, no Maracanã. Nesta quarta-feira, ele terá a oportunidade de ampliar seus números na maior competição de clubes da América do Sul e seguir cativando os torcedores.

Líder do grupo 4, o Flamengo encara o Atlético-PR nesta quarta-feira(26), às 21h45, na Arena da Baixada. A partida é válida pela quarta rodada da Copa Libertadores da América. 

VEJA TAMBÉM: