Em entrevista, Shevchenko assume que Mourinho é sua inspiração


Em entrevista ao 'The Athletic', o ex-jogador e atual treinador da seleção ucraniana, Andriy Shevchenko, assumiu que tem o técnico José Mourinho como inspiração para seguir na carreira à beira do campo. Cabe salientar, que ele defendeu as cores do Chelsea, na temporada 2006/2007, sob o comando do português.

- A maneira como ele geria a equipa era muito interessante. José encontrava sempre alguma coisa do nada. É a mentalidade dele. Acreditar sempre, pois podes mudar um jogo no último segundo. Há muitos exemplos de grandes jogos terem sido decididos no final, como o Manchester United contra o Bayern em 1999. Em dois minutos tudo mudou. As grandes equipas têm essa mentalidade - apontou.

Além de Mourinho, Shevchenko citou o treinador Carlo Ancelotti como seu mentor, já que ambos trabalharam juntos no Milan, e muitos jogadores dessa época decidiram seguir a carreira no futebol após a aposentadoria devido à forte influência do italiano, casos de Gennaro Gattuso, Cristian Brocchi ou Filippo Inzaghi.

Durante a carreira como jogador, Shevchenko sempre foi uma das maiores promessas da história do futebol ucraniano. Ele saiu das divisões de base do Dínamo de Kiev, para ser campeão nacional com apenas 18 anos e marcando 96 gols em 168 partidas em sua primeira passagem pelo clube.

Em 99, foi vendido ao Milan e na equipe Rossonera teve a sua melhor fase na carreira com 296 jogos e 172 gols durante sete anos. Além disso, conquistou muitos títulos com a camisa rubro-negra como a Liga dos Campeões da UEFA (2002–03), a Copa da Itália (2002–03), a Supercopa da UEFA (2003), e o Campeonato Italiano (2003–04)

Ele ainda teve uma passagem pelo Chelsea antes de voltar ao Milan e encerrar a carreira no Dínamo de Kiev. Pela seleção, por sua vez, ele jogou 111 jogos e marcou 48 tentos. Com isso, tornou-se o mais importante jogador da história da Ucrânia e hoje comanda a seleção de seu país.











Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também