Em empate sem gols, Real Madrid elimina o Liverpool e se classifica para a semifinal da Champions

LANCE!
·3 minuto de leitura

Nesta quarta-feira, Liverpool e Real Madrid se enfrentaram no estádio de Anfield, em Liverpool, pela partida de volta das quartas de final da Champions League. Após vitória espanhola por 3 a 1 na ida, o 0 a 0 classificou a equipe merengue para as semifinais. Já o Manchester City venceu o Borussia Dortmund de virada por 2 a 1 repetiu o placar da ida e assegurou a vaga entre os quatro melhores. Os gols foram marcados por Mahrez e Foden, enquanto Bellingham abriu o placar para os donos da casa. O adversário na próxima fase será o PSG.

Liverpool x Real Madrid

CHANCES PERDIDAS
Durante a primeira etapa, o Liverpool foi bastante ofensivo, ainda mais nos primeiros minutos. Mohamed Salah perdeu uma grande chance no início da partida, e a equipe inglesa falhou na tentativa de abrir o placar contra o Real Madrid.

Leia também:

REAL SEGURA
O futebol mostrado pelo Real Madrid nos 45 minutos iniciais da partida desta quarta-feira foi muito diferente do jogo intenso do confronto de ida. Mais calmo, o time espanhol tratou de segurar o resultado e impedir que o Liverpool marcasse.

MAIS DO MESMO
​A segunda etapa da partida também não mostrou muita diferença, e o Liverpool repetiu a intensidade inicial, como fez no primeiro tempo. Dessa vez, quem perdeu uma chance importante foi Roberto Firmino, que parou na defesa de Courtois.

JOGO MORNO
O restante dos últimos 45 minutos do confronto não mostrou uma riqueza de chances perigosas. O Real Madrid seguiu com o seu esquema de parar o Liverpool e segurar o resultado, e foi muito eficiente. Com isso, o 0 a 0 permaneceu no placar.

SEQUÊNCIA
O Liverpool enfrenta o Leeds United às 16h (de Brasília) desta segunda-feira. O Real Madrid, por sua vez, enfrenta o Getafe às 16h (de Brasília) de domingo.

Phil Foden comemora seu gol. Foto: WOLFGANG RATTAY/AFP via Getty Images
Phil Foden comemora seu gol. Foto: WOLFGANG RATTAY/AFP via Getty Images

Borussia Dortmund x Manchester City

COM ESTILO
Jogando em casa e precisando do resultado, o Borussia Dortmund se lançou ao ataque no início e marcou com Bellingham aos 15 minutos. Haaland recebeu na área e rolou para Dahoud, que bateu para o gol. A bola bateu na zaga do Manchester City e sobrou para o jovem inglês, que bateu de chapa no ângulo de Ederson para abrir o placar.

PRESSÃO
Precisando do gol, o Manchester City alugou o campo de ataque e começou a mandar na partida após ficar em desvantagem. O time de Guardiola terminou a primeira etapa com dez finalizações, incluindo uma bola no travessão de De Bruyne. No rebote, Bernardo Silva mandou para fora. Outra boa chance foi com Mahrez, que recebeu de Foden e bateu forte. Bellingham salvou quase na linha.

TUDO IGUAL
O Manchester City voltou com a mesma postura agressiva para a etapa final e Mahrez empatou a partida aos nove minutos. Foden cruzou da esquerda, Emre Can tentou cortar de cabeça, mas a bola bateu no braço aberto do volante. O juiz marcou o pênalti e o atacante argelino bateu forte para deixar tudo igual.

VIRADA
Aos 30 minutos, De Bruyne fez linda jogada, deixou a zaga do Borussia Dortmund na saudade, mas parou em bela defesa de Hitz. Na cobrança de escanteio, o Manchester City saiu jogando curto e Phil Foden acertou um foguete da entrada da área para virar.

CINCO ANOS DEPOIS
Depois de cinco anos, o Manchester City volta a se classificar para as semifinais da Champions League. A última (e única) participação do clube inglês entre os quatro melhores da Europa foi na temporada 2015/16, quando caiu para o Real Madrid. É a primeira vez que os Cityzens chegam nesta fase sob o comando de Pep Guardiola.

SEQUÊNCIA
​​Nas semifinais, o Manchester City vai encarar o Paris Saint-Germain, que eliminou o Bayern de Munique na terça-feira. O primeiro duelo para ver quem avança à final acontece ainda no mês de abril, entre os dias 27 e 28. A volta será entre 4 e 5 de maio.