Em dia marcado para reestreia, Flu homenageia vítimas da COVID-19


Uma prática comum do Fluminense é publicar nas redes sociais uma mensagem com a hashtag #DiaDeFlu nos dias em que o time irá entrar em campo. Nesta segunda-feira, data que marcaria o retorno do clube ao Campeonato Carioca em data estipulada pela Ferj, o Tricolor fez um tributo às mais de 50 mil vítimas no Brasil da pandemia do novo coronavírus.

- Hoje não tinha como ser #DiaDeFlu. Com isso, nosso pensamento e nossas melhores energias vão para as mais de 50 mil vítimas da pandemia e suas famílias. Hoje é dia de todos unidos pela superação - escreveu o Flu com uma imagem em preto e branco.

Na manhã desta segunda-feira, o Brasil chegou a 50.667 mortes pela COVID-19 e 1.087.185 de casos confirmados de acordo com o levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Apesar do jogo marcado pela Ferj para esta segunda-feira, contra o Volta Redonda, pela 4ª rodada da Taça Rio, o Fluminense se recusou a entrar em campo. Isso porque, apesar de defender que os jogos só voltassem quando a curva de contágios e mortes no Rio de Janeiro for reduzida, o clube entende que precisa de pelo menos 10 dias de treinamentos presenciais.

O jogo acabou adiado por conta de um decreto publicado pelo prefeito Marcelo Crivella no Diário Oficial suspendendo competições na cidade até 25 de junho. Com isso, a federação adiou as partidas da quarta rodada para sexta e sábado. Fluminense e Botafogo ainda aguardam uma decisão do STJD do pedido para jogarem apenas a partir do dia 30.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também