Em dia de 500º gol de Messi, C. Ronaldo falhou e ficou apagado

Chamado de "Rei dos Clássicos" na Espanha, Lionel Messi fez o Real Madrid chorar mais uma vez nete domingo (23). Balançou a rede duas vezes e atingiu a marca de 500 gols pelo Barcelona. Do outro lado, Cristiano Ronaldo ficou apagado e, quando tocou na bola, perdeu boas chances de gol.

Messi chamou a responsabilidade desde o começo. Em vez de ficar preso na ponta direita, ele articulou as jogadas pelo centro, normalmente nas costas de Casemiro. Inclusive, logo no começo da partida, deu um belo drible no brasileiro, que apelou para falta e recebeu cartão amarelo, algo que comprometeu a marcação do Real posteriormente. 


Aos 28min, Casemiro fez gol, mas Messi deu o troco cinco minutos depois. Ele iniciou uma jogada pelo meio e, após bonita tabela do Barça, recebeu a bola na área, driblou Carvajal e finalizou para rede.

Pouco antes do 1º tempo acabar, Messi perdeu uma grande chance de gol. Após cobrança de falta, ele ficou de frente para o gol, sem goleiro, mas chutou para fora. 

Era um lance que faria falta se, nos acréscimos do 2º tempo, o argentino não tivesse decidido de novo. Após receber passe de Alba na esquerda, o camisa 10 chutou forte no canto e fez um gol histórico. Empolgou a torcida catalã pela 500ª vez na carreira.

Cristiano Ronaldo Real Madrid 23042017


Cristiano chutou cinco vezes para fora do gol (Foto: Getty Images)

Do outro lado, Cristiano Ronaldo tomou uma postura diferente: ficou mais na área e tentou apenas finalizar as jogadas do Real Madrid. Deu muito menos passes do que Messi: 45 a 17. Só teve  três grandes chances de finalizar, mas em todas os passes vieram ligeiramente atrasados. Ele não conseguiu acertar o tempo da bola e chutou para fora. 

Veja comparação entre Cristiano Ronaldo e Lionel Messi no clássico: