Em confronto de muita rivalidade, Galo FA e João Pessoa Espectros buscam vaga na final da Liga BFA

Pedro Souza/Atlético-MG - Times já se enfrentaram três vezes na história: sempre em fases decisivas da Liga BFA


O feriado de 2 de novembro vai reservar um duelo de titãs no FABR: Galo FA e João Pessoas Espectros decidem, a partir das 18h, no Centro de Treinamento Esportivo da UFMG, em Belo Horizonte, a segunda vaga para a final da Liga Brasileira de Futebol Americano (Liga BFA). Os dois times conquistaram as três últimas edições do torneio nacional, sendo os mineiros campeões em 2017 e 2018, enquanto os paraibanos levantaram a taça em 2019.

Os dois times estão invictos na temporada e conquistaram os títulos de conferência sem muitos problemas. O Galo FA conta com um elenco repleto de estrelas como Marco Aguinaga, Lucas Vasconcelos, Otávio Amorim, Marco Gheller e Victor Vilaça. Já o João Pessoa Espectro também conta com um elenco estelar, com destaques para Rodrigo Dantas, Callus Cox, Dhiego Taylor, Vitor Ramalho e Jonatha Carvalho.

Conforme levantamento do Perfil do Instagram Mapa do FABR, o Galo FA venceu todas as 13 partidas disputadas, tendo anotado 647 pontos (média de 49,8 por jogo) e sofrido apenas 51 pontos (média de 3,9 por confronto). Os artilheiros do time na temporada são Marco Gheller e Victor Vilaça, que anotaram 14 touchdowns cada um. Nesta temporada, o time alvinegro já foi campeão Mineiro e da Conferência Sudeste da Liga BFA.

Por sua vez, o João Pessoa Espectros venceu as seis partidas disputadas em 2022, tendo anotado 270 pontos (média de 45 por duelo) e sofrido apenas 39 (média de 6,5 por partida. Jonatha Carvalho, com 11 touchdowns, é o maior artilheiro do time. Os dados são do Mapa do FABR.

Importante destacar que dois grandes destaques do Galo FA não estão inscritos na Liga BFA. Parris Lee e Marcus Tuleba só estão aptos a defendor o time alvinegro no Campeonato Brasileiro promovido pela CBFA.

Confrontos na história
As duas equipes se enfrentaram três vezes na história, com duas vitórias do Galo FA (ambas em finais da Liga BFA) e uma vitória do João Pessoa Espectro (semifinal da Liga BFA de 2019). Nesses encontros, que foram equilibradíssimos, o time mineiro anotou 54 ´pontos (média de 18 por embate), enquanto os paraibanos fizeram 46 (média de 15,3 por jogo).