Em confronto direto, Paraná e Figueirense empatam na Primeira Liga

Guilherme Moreira
Equipes disputam a segunda colocação e definição fica para clássico catarinense

Paraná e Figueirense empataram por 0 a 0 nesta quinta-feira, na Vila Capanema, pelo grupo D da Primeira Liga. O Tricolor encerra sua participação nessa fase, enquanto o Figueira ainda tem mais um jogo - os dois disputam a segunda colocação para avançar às quartas de final.

Dono da casa, o time paranista começou a partida com o controle da bola e tentando achar espaços na equipe adversária. Apesar do domínio até os 15 min, a equipe não conseguiu criar nada e ainda viu o clube catarinense crescer e gostar do jogo aos poucos.

Com 24, em cobrança da direita, Dirceu subiu com a zaga e conseguiu cabecear próximo da trave. Dois minutos depois, após erro de Airton na saída de bola, Yago chutou cruzado no mesmo canto da jogada anterior e assustou Léo.
Na sequência foi a vez de Helder arriscar de fora da área e levar perigo. Aos 37, outra boa jogada do Figueira. Duda driblou um marcador e bateu para boa defesa do goleiro, que teve que se esticar e espalmar para escanteio.

Logo na volta do intervalo, o Tricolor conseguiu ditar um pouco o ritmo e apareceu duas vezes na área. Aos 2 e aos 7, com Airton e Renatinho, o time chegou em bolas áereas e os dois cabecearam com certo perigo.

Com 11, o Figueirense teve grande chance. De costas, Helder tocou para Bill, sozinho, entrando na área, chutar fraco e no meio, para defesa tranquila do arqueiro. Dois minutos depois, Renatinho respondeu com uma bomba de fora da área e defesa de Thiago Rodrigues.

A partir dos 30, a equipe paranista esboçou uma pressão em busca do gol, mas sem muita organização. Em uma dia pouco inspirado, o time desagradou o técnico Wagner Lopes que, desde a primeira etapa, ficou reclamando e dando diversas orientações - em vão.

O empate deixa o Paraná com quatro pontos e o Figueirense com um ponto. Na próxima rodada, o Figueira encara o eliminado Avaí no dia 22 de março, no Orlando Scarpelli. O Tricolor, com os três jogos realizados, precisa torcer por um empate ou triunfo avaiano - uma vitória por 1 a 0 ou 2 a 0 do time alvinegro também classifica a equipe paranaense, que tem dois gols de vantagens no saldo. O Londrina, com nove pontos, está classificado.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 0X0 FIGUEIRENSE

Local


: Vila Capanema, Curitiba (PR)
Data-Hora: 2/3/2017 - 19h15
Árbitro: Renato Cardoso da Conceição (MG)
Auxiliares: Magno Arantes Lira e Leonardo H. Pereira
Público/renda: 2.694 pagantes/R$ 33.601,00
Cartões amarelos: Airton, Felipe Alves, Bruno Cantanhede (PAR); Bill, Dudu, João Pedro, Guilherme Morassi (FIG)

PARANÁ: Léo; Diego Tavares, Airton, Eduardo Brock e Igor; Leandro Vilela (Alex Santana, 27'/2ºT), Gabriel Dias, Matheus Carvalho (Nathan, 9'/2ºT) e Renatinho; Ítalo (Felipe Alves, 20'/2ºT) e Bruno Cantanhede. Técnico: Wagner Lopes.

FIGUEIRENSE: Thiago Rodrigues; Dudu, Dirceu, Bruno Alves e Juliano (Guilherme Morassi, 5'/1ºT); Josa, Yago, Helder e João Pedro; Marcus Índio (Elias, 10'/2ºT) e Bill (Everton, 43'/2ºT). Técnico: Márcio Goiano.























E MAIS: