Em clima de paz, candidatos à presidência do Botafogo participam de votação em General Severiano

Gabriel Grey
·1 minuto de leitura


A primeira parte do dia que vai definir o futuro do Botafogo pelos próximos quatro anos foi pacífica. A manhã das eleições presidenciais do Alvinegro, realizadas na sede de General Severiano, foi marcada por tranquilidade e um clima amistoso. Alessandro Leite, Durcesio Mello e Walmer Machado estiveram presentes desde o início do pleito, às 9h.

Havia a possibilidade de um protesto por parte da torcida logo no começo da votação. O policiamento foi reforçado desde os primeiros instantes da votação: com mais de 50 viaturas policiais, o Botafogo buscou se prevenir de qualquer eventual confusão.

No que envolve à eleição, o clima foi de paz. Os candidatos posaram para fotos, conversaram e estiveram juntos durante um tempo. Na sede, os apoiadores das chapas ficaram divididos: na entrada de General Severiano havia uma maioria de placas em referência à Chapa Verde, de Walmer Machado; no entorno, já foi possível enxergar mais referências à Chapa Preta e Branca, de Durcesio Mello.

O pleito será realizado até às 21h na quadra da sede de General Severiano. Ao todo, 1.965 sócios-proprietários estão aptos a participarem da votação, que será realizada apenas presencialmente.