Em caso de título paulista, Palmeiras receberá R$ 7,5 milhões em premiações

·1 minuto de leitura


O Palmeiras entra em campo, nesta quinta-feira (20), contra o São Paulo, pela final do Paulistão. Se conquistar o título, além de manter o rival na fila, o Verdão receberá um total de R$ 7,5 milhões, divididos entre a premiação da Federação Paulista de Futebol (FPF) e o bônus previsto no contrato com a Crefisa.


>> Veja quais clubes têm os elencos mais valiosos do Brasileirão 2021
>> Confira a tabela da Libertadores e faça sua simulação

Deste modo, a FPF, em caso da conquista alviverde, desembolsará um total de R$ 3,5 milhões, 30% a menos que na temporada anterior. Esta disparidade entre os valores é decorrente do novo protocolo adotado pela entidade para inibir casos da Covid-19 nos clubes. A patrocinadora do Maior Campeão Nacional, por sua vez, pagará R$ 4 milhões.

As cifras garantidas pela entidade estadual, inclusive, são menores que as pagas pela Conmebol por uma partida disputada com mando de campo do clube na fase de grupos da Libertadores, dado que esta garante US$ 1 milhão (cerca de R$5,29 milhões, na cotação atual) ao dono da casa por jogo.

A ida da final do Paulistão, entre Palmeiras e São Paulo, está marcada para esta quinta-feira (20), às 22h (horário de Brasília), no Allianz Parque. O duelo de volta ocorrerá no domingo (23), às 16h, no estádio do Morumbi.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos