Em busca de “justiça”, Barboza quebra silêncio e confirma esforço para anular derrota

AgFight
Em busca de “justiça”, Barboza quebra silêncio e confirma esforço para anular derrota
Em busca de “justiça”, Barboza quebra silêncio e confirma esforço para anular derrota

Após três dias sem se pronunciar oficialmente sobre a polêmica que envolveu sua luta no UFC 242, Edson Barboza finalmente quebrou o silêncio e falou sobre o resultado controverso diante de Paul Felder. Através de suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), o brasileiro confirmou a versão de seu empresário, Alex Davis, e afirmou que vai batalhar fora dos octógonos para que as entidades revisem a decisão e o desfecho seja a seu favor.

O especialista em muay thai agradeceu aos fãs pelo apoio e reforçou sua opinião de que venceu o duelo contra o americano. E juntamente com seu discurso, Edson anexou vídeos com fãs declarando que o brasileiro venceu a luta após a realização do show em Abu Dhabi. Um dos torcedores chegou até a opinar que Barboza foi “roubado”, enquanto outro destacou que o atleta da ‘American Top Team’ protagonizou o melhor combate do evento.

“Fala galera, primeiramente queria agradecer a todas as mensagens de vocês, que sem dúvida nenhuma consolaram meu coração. Depois desse sábado e tudo o que aconteceu, todo mundo sabe o que aconteceu e todos sabem que fui eu quem venci a luta. Assisti a luta com calma, e sem dúvida nenhuma fui o vencedor nesse combate. Mas infelizmente deram para o meu adversário, nada contra ele, ele foi lá e fez o trabalho dele. Mas todo mundo sabe que eu venci essa luta. Então vou continuar trabalhando para que a justiça seja feita, que essa luta possa ser dada para mim de alguma forma. Pelo UFC, que eles declarem que a luta foi minha, ou pela Comissão Atlética. A gente se dedica muito, já trabalho há muitos anos pelo UFC. E o que fizeram comigo nesse sábado não está certo, então vou trabalhar para que a coisa certa seja feita. Farei o máximo para tentar mudar isso”, declarou Edson.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O post de Barboza também contém a opinião especializada dos veículos que cobrem MMA. A maioria deles – 13 dos 16 listados – enxergou o resultado a favor do brasileiro. O desfecho da luta foi tão controverso, que assim que o Ultimate realizou o anúncio oficial, Edson deixou o octógono furioso, em sinal de discordância.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Hey guys, First of all I want to thank you for all the messages, they absolutely comforted my heart. After this Saturday, everyone knows that I won that fight! I have watched it again and I was the winner without no doubt, but unfortunately they gave the result to my opponent. Nothing against my opponent, he went there and did his job, but everyone knows that I won that fight. I will keep for justice to be done. I hope they give this victory to me in some way, or maybe through the UFC, if they pronounce about the fight saying that this fight was mine, or maybe through the Athletic Commission. I’ve been working for the UFC for so long, and what they did with me this Saturday was not right. I will keep fighting for something to be done. Once again thank you very much for the support, for the messages, I will give my best to change it.

Uma publicação compartilhada por Edson Barboza Jr (@edsonbarbozajr) em 10 de Set, 2019 às 1:05 PDT


Leia também