Em Buenos Aires, Cano marca e dedica gol a Maradona: 'O líder de todos os argentinos'

LANCE!
·1 minuto de leitura


O Vasco conseguiu um bom resultado ao empatar por 1 a 1 com o Defensa y Justicia, no estádio Norberto Tomaghello, na Argentina, em jogo válido pelas oitavas de finais da Copa Sul-Americana. Na saída de campo, o artilheiro comemorou o resultado e dedicou seu gol à Diego Armando Maradona, lenda do futebol mundial, que faleceu ontem vítima de parada cariorespiratória.

- Tivemos um bom resultado aqui. A equipe funcionou como queríamos. Mas temos que jogar mais 90 minutos. Vai ser na nossa casa e esperamos passar de fase. A Argentina me traz lindas recordações. Já faz mais de 10 anos que não estou no país e poder voltar para Argentina, para mim, é sempre um prazer muito grande - disse.

- (Dediquei o gol) para Diego Armando Maradona, o líder de todos os argentinos. O gol foi para ele e também para minha irmã. Fazia um ano que não há via e hoje tive um reencontro com ela. Estou muito feliz - destacou.

No primeiro tempo, a defesa do Gigante da Colina falhou bastante e deu muitos espaço pelo lado direito. O Defensa teve três gols bem anulados pelo árbitro. Contudo, na etapa final, Cano abriu o placar após cruzamento de Léo Matos, enquanto Braian Romero empatou para os argentinos em uma bomba da entrada da área.

O jogo de volta está marcado para a próxima quinta-feira, dia 3, em São Januário, às 21h30. Antes disso, o Vasco recebe o Ceará, às 18h, também na Colina histórica, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.