Em bela campanha, Filipe Toledo fecha a temporada como segundo colocado da WSL

·1 minuto de leitura


Depois de vencer duas baterias pela WSL Finals, nesta terça-feira (14), Filipe Toledo terminou como segundo melhor do mundo, em Trestles, nos Estados Unidos. O ubatubense disputou três baterias, sendo a primeira contra o norte americano Conner Coffin e as duas últimas contra os brasileiros Ítalo Ferreira e Gabriel Medina.

Em sua primeira bateria, Filipinho chegou a assustar seus torcedores, que viram Conner abrir a disputa com 8,50 contra seus 8,40. Para aumentar o nervosismo dos espectadores, a bateria ficou parada nos minutos seguintes, por falta de boas ondas. No entanto, nos minutos finais, Filipe acertou ótimas manobras, que lhe renderam um 8,17.

Depois de derrotar Coffin, Toledo eliminou Ítalo Ferreira na bateria seguinte. O atual campeão olímpico

chegou a abrir com 5,50, mas teve rápida resposta de seu compatriota, que fez 7,33. Na sequência, Filipe ampliou a vantagem ao chegar 15,07, o que garantiu sua participação na final, já que o potiguar chegou a 12,44.

Na série de melhor de três, Filipe ganhou o segundo lugar no pódio, conquistando também a segunda posição no ranking mundial. Ainda dentro do mar, fez questão de parabenizar seu rival e, ao sair da água, foi carregado pela torcida brasileira, como forma de reconhecimento pela sua bela atuação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos