Em baixa e sem perspectiva de ficar, Yony alcança 10 jogos sem marcar

Joel Silva
LANCE!
Apesar do jejum, Yony é titular absoluto no Tricolor (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Apesar do jejum, Yony é titular absoluto no Tricolor (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)


Artilheiro do Fluminense na temporada com 16 gols, Yony González vive uma fase complicada com a camisa tricolor. O atacante não marca desde a vitória sobre o Botafogo, quando fez o gol que deu a vitória ao time por 1 a 0. Desde então soma 10 jogos sem balançar as redes, o segundo pior jejum desde que foi contratado, no início do ano.

Curiosamente, o gol no Clássico Vovô tinha encerrado a maior seca do colombiano, que estava 11 partidas sem marcar. Entretanto, a sequência conta com os dois jogos diante do Corinthians, válidos pela Copa Sul-Americana. Portanto, contando apenas o Campeonato Brasileiro, Yony vive a sua pior fase, justamente em um momento em que o Fluminense mais precisa de gols para deixar a zona de rebaixamento.

O atacante é, ao lado de Pedro, atualmente na Fiorentina, o artilheiro tricolor na competição, com cinco gols. No entanto, o colombiano disputou 30 rodadas, enquanto a cria de Xerém jogou apenas 10. A título de curiosidade, 25 jogadores possuem mais gols do que Yony no Brasileiro. Como exemplos temos o atacante Everaldo, da quase rebaixada Chapecoense, que marcou 12 gols e Thiago Galhardo, meia do Ceará, que fez 10.

TABELA
Confira a classificação do Campeonato Brasileiro



A entrega de Yony González é nítida em todos os jogos. O atacante é um jogador importante do sistema de marcação, sendo o responsável em acompanhar os avanços do lateral adversário. Por conta disso, se desgasta bastante fisicamente e pode não chegar "inteiro" na hora de finalizar. De acordo com o Footstats, o colombiano é o quinto jogador que mais finaliza na competição nacional. Ao todo foram 81 chutes, porém a pontaria não é a das melhores, já que acertou apenas 33 no alvo.

Devido a escassez de gols, os torcedores já começam a perder a paciência com Yony González, que está de malas prontas para deixar o Fluminense após o Campeonato Brasileiro. Após recusar diversas propostas de renovação, o atacante teria assinado um pré-contrato com o Benfica, indo para o clube português em janeiro, já que o contrato firmado com o tricolor termina no fim de dezembro.

Yony González tem então cinco rodadas para quebrar esse jejum, ajudar o Fluminense a se livrar do rebaixamento e assim deixar uma boa impressão para os tricolores nesta reta final de trajetória no clube.












Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também