Em apresentação, Felipão ressalta importância de mudanças e fala sobre readequação do plantel do Grêmio

·1 minuto de leitura

Luiz Felipe Scolari foi apresentado, no início da tarde desta sexta-feira (9), como novo treinador do Grêmio. De cara, ele já terá pela frente um clássico Gre-Nal, tenso, pelo Campeonato Brasileiro.

Treinador faz sua reestreia no clássico Gre-Nal deste sábado | Lucas Uebel/Getty Images
Treinador faz sua reestreia no clássico Gre-Nal deste sábado | Lucas Uebel/Getty Images

A missão, como disse o vice-presidente de futebol Marcos Herrmann, é "muito difícil". Para garantir paz, o presidente Romildo Bolzan Júnior fez questão de descartar que existisse qualquer rusga com o novo comandante: "Queriam armar uma briga entre nós, vamos terminar esse assunto de uma vez. Vamos, juntos, sair dessa situação momentânea", destacou. Felipão também destacou que foi muito bem recebido: "Quando me apresentei vi a alegria de uns jogadores que nem conheço e a felicidade de que estarão junto conosco. O nosso interesse é o mesmo de todos."

O QUE DISSE FELIPÃO EM SUA ENTREVISTA COLETIVA

A RAZÃO DE ACEITAR O DESAFIO

Tem algo tão grande como ser gremista e estar dirigindo o Grêmio? A dificuldade nós todos vivemos na vida. Estamos vivendo, mas vamos passar. Ainda vamos sofrer um pouco, mas vamos ter alegrias. Portanto, estou em casa. Me sinto bem. É difícil a situação? É, mas também é boa. Quero mostrar aos jogadores que estou vivendo esse momento com eles e abraço isso.

COMO MUDAR O MOMENTO DO GRÊMIO

Eu não posso dizer a vocês detalhadamente ou definir como vamos fazer para tirar o Grêmio dessa dificuldade. Mas o que eu posso dizer é que nós temos que trabalhar, os atletas têm que cada dia estar mais empenhados no trabalho para superar as dificuldades que estão surgindo. Não é de um dia para o outro que vai mudar tudo. Temos que mudar gradativamente, com calma.

OS ATUAIS PROBLEMAS

Vamos ter que trabalhar dentro e fora de campo. Temos algum problema dessa parte psicológica, mas não vamos esquecer que esse grupo foi campeão gaúcho, ganhou uma série de campeonatos com as comissões anteriores. Então algumas coisas serão resolvidas dentro de campo e, outras fora. Com o tempo. Não vamos pensar que está tudo solucionado. Os maiores resultados advirão de situações de trabalho que teremos daqui para frente, na parte mental, técnica, sistema, exigências...Os resultados vão chegar de forma gradativa.

O ELENCO E AS READEQUAÇÕES

Não podemos trabalhar ao mesmo tempo com 44 pessoas fazendo o mesmo trabalho. Estamos readequando algumas coisas e, no futuro, continuo com o mesmo pensamento que nós não travamos ninguém. Não queremos ninguém insatisfeito. E vamos ter que buscar alguém se precisar na medida do possível. Somos abertos a diálogos em todos os sentidos. Conversamos bastante sim e sabemos como vamos trabalhar daqui para frente.

O QUE FAZER JÁ PARA O GRE-NAL

Um dia treinamento. O que é possível fazer? Mudança de pensamento, da parte psicológica, o entendimento que somos um grupo de jovens e mais experientes. É para todos estarem em condições e corresponder dentro daquilo que sabemos que temos como jogadores.

VITÓRIA NO CLÁSSICO E MOTIVAÇÃO

Pode dar uma moral diferente, mas vale três pontos. Temos que saber que estamos jogando por três pontos. Claro que é importante um Gre-Nal, mas não nos esqueçamos que os outros jogos também são importantes. O Gre-Nal é apenas o início. Podia ser outro jogo, que valeria três pontos que são muito importantes para nós.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos