Em ação no UFC, ex-NFL projeta se tornar "o maior peso-pesado dos esportes de combate"

EX-NFL projeta duelo com Jon Jones na divisão dos pesados; entenda
EX-NFL projeta duelo com Jon Jones na divisão dos pesados; entenda

Greg Hardy terá apenas a sua sexta luta profissional no MMA no próximo sábado (20), contra Juan Adams, no evento que o UFC promoverá em San Antonio (EUA). Apesar disso, o ex-jogador da NFL (principal liga de futebol americano do mundo) já planeja entrar para a história como o maior peso-pesado de todos os tempos.

Em entrevista ao programa ‘Ariel Helwani’s MMA Show’, Hardy, que nocauteou Dmitry Smoliakov em seu último confronto pelo UFC, projetou se tornar não apenas o melhor peso-pesado do MMA, como também de qualquer outra modalidade de esporte de combate. No entanto, com apenas uma vitória em duas lutas pelo Ultimate, o ex-NFL ainda não aparece nem mesmo entre os top 15 da divisão dominada por Daniel Cormier.

“Tenho alguns dos melhores treinadores do mundo na American Top Team. Estou aproveitando a oportunidade de ir e voltar entre diferentes artes marciais, encontrei um bom lugar no boxe. Estou começando a desenvolver um amor por isso, um gosto por isso, e um desejo de realmente chegar lá e experimentar. (…) Eu acho que eu poderia ser um dos maiores lutadores de todos os tempos, se não for o maior. Não apenas no MMA, mas o maior peso-pesado dos esportes de combate”, projetou.

Aos 30 anos, Hardy estreou no UFC em janeiro, mas foi desqualificado após aplicar uma joelhada ilegal em Allen Crowder e conheceu a primeira derrota na carreira profissional no MMA. Após admitir o erro, ele retornou à ação em abril, nocauteou Dmitry Smoliakov e conquistou a primeira vitória das muitas que ele projeta conseguir no Ultimate para se tornar o melhor da categoria.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também