Em 2021, Palmeiras apresenta números defensivos inferiores aos das últimas temporadas

·2 minuto de leitura


O desempenho defensivo do Palmeiras no Brasileirão tem preocupado os torcedores. Mesmo na vice-liderança, a equipe apresenta mais gols sofridos do que algumas equipes da zona de rebaixamento da competição, sendo a quinta pior defesa de toda a tabela, com 26 gols sofridos em apenas 22 partidas. Na temporada de 2021, a defesa alviverde foi vazada 53 vezes em 55 jogos.

ATUAÇÕES: Danilo se destaca, mas atacantes do Palmeiras decepcionam em empate com o Juventude

Após o empate diante do Juventude no Allianz Parque, Abel Ferreira criticou a atuação do time em entrevista coletiva. O treinador destacou os problemas defensivos do time e avaliou que os jogadores não estão cumprindo com o compromisso tático na hora de barrar o ataque adversário.

– Fizemos um mau jogo. Não podemos sofrer o gol assim. Estamos dando gols pro adversário. O que melhorar? Os números são claros. Não posso ter 22 jogos e 26 gols sofridos. Falta compromisso coletivo defensivo. É o problema – afirmou categoricamente Abel.

Veja a tabela completa do Brasileirão

– Não podemos o gol que sofremos. Avisei como o Juventude viria. Bola parada e transição. Treinamos isso e foram mais do que avisados. Os números são claros. Temos média de gols sofridos de equipe de rebaixamento – concluiu.

O desempenho em média é o pior dos últimos anos do clube. Em 2018, quando conquistou seu último título brasileiro, o Palmeiras sofreu apenas 49 gols em 77 jogos. Ou seja, a atual temporada já superou a de 2018 em gols sofridos, mas com 22 partidas a menos.

Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

Confira quantos gols o Palmeiras sofreu por ano desde 2018:

-> 2021: 55 jogos / 53 gols
-> 2020: 79 jogos / 56 gols sofridos
-> 2019: 69 jogos / 46 gols sofridos
-> 2018: 77 jogos / 49 gols sofridos

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos