Em áudio vazado, presidente do Real Madrid critica Cristiano Ronaldo e Mourinho

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Florentino Perez, presidente do Real Madrid
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, criticou o atacante português Cristiano Ronaldo e o seu compatriota o José Mourinho em novos áudios divulgados nesta quarta-feira pelo jornal El Confidencial, enquanto o dirigente do clube espanhol pretende aplicar "possíveis ações judiciais".

“Ele é maluco. Esse cara é um idiota, um doente. Você acha que esse cara é normal, mas ele não é normal, senão ele não faria tudo o que ele faz”, diz Pérez sobre Cristiano Ronaldo, que atuou na equipe da capital da Espanha entre 2009 e 2018.

O presidente merengue, que iniciou o seu segundo mandato à frente do Real Madrid em 2009, fala também sobre o técnico José Mourinho, contratado para comandar o time entre 2010 a 2013.

“Mendes (Jorge Mendes, agente de Mourinho e Cristinao Ronaldo) não manda nada nele (Cristiano). Da mesma forma que ele não manda nada em Mourinho. Até para entrevistas. Nada. Nem porra nenhuma. São caras com um ego terrível, ambos mimados, o treinador e ele , e eles não veem a realidade, porque ambos poderiam ganhar muito mais dinheiro se não fossem", diz Pérez nessas gravações.

“São dois anormais, porque estamos a falar de muito dinheiro na área dos direitos de imagem. Também, com aquela cara que têm, com aquele jeito desafiante, que todos não gostam deles ... Se a publicidade fosse diferente, seria o oposto! ", acrescentou, referindo-se a Cristiano Ronaldo e Mourinho.

Estas novas declarações, gravadas em duas conversas, a última das quais teria sido em 2012, vieram à tona após a divulgação de outra gravação na terça-feira pelo El Confidencial em que Pérez também criticava dois ídolos do Real Madrid Raúl González e Iker Casillas, em conversas registradas em 2006.

Pérez emitiu um comunicado nesta terça-feira indicando que as gravações apresentam "frases soltas de conversas tiradas do contexto amplo em que ocorrem" e atribuiu esses vazamentos à sua "participação como um dos promotores da Superliga", tentativa frustrada de criação de um torneio de clubes para competir com a Liga dos Campeões.

O presidente do Real Madrid alertou que seus advogados "estão estudando as possíveis ações a serem tomadas" contra a divulgação desse conteúdo que, segundo ele, foram registrados "em conversas gravadas clandestinamente pelo (o jornalista) senhor José Antonio Abellán, que vem tentando vender esse material por muitos anos sem sucesso".

gr/gh

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos