Elkeson marca, e Guangzhou Evergrande conquista o título chinês

Elkeson em campo pelo Guangzhou (Foto: Reprodução)
Elkeson em campo pelo Guangzhou (Foto: Reprodução)


A sequência de sete títulos seguidos do Guangzhou Evergrande na China foi quebrada no ano passado, quando o Shanghai SIPG sagrou-se campeão. Mas a hegemonia acaba de ser retomada. Neste domingo, o time de Elkeson, que recentemente tornou-se o cidadão chinês Ai Kesen, venceu o Shanghai Shenhua por 3 a 0 e garantiu mais uma taça da Superliga. O atacante marcou o gol que selou a vitória.

Aliás, a coleção de títulos de Elkeson na China não para. Foi a quinta conquista do atacante na Superliga, sendo a quarta com o Guangzhou (2013, 2014, 2015 e 2019) – também foi campeão com o Shanghai SIPG em 2018. Com 18 gols, ele terminou como o terceiro maior artilheiro desta edição, só atrás de Zahavi, do Guangzhou R&F, que fez 29, e do companheiro de time Paulinho (19).

- Apesar de ter sido meu quinto título da Superliga, posso dizer que esse foi ainda mais especial por ter sido meu primeiro como cidadão chinês. Sem falar que, voltar para o clube em que sempre me senti em casa e me acolheu tão bem, onde conquistei praticamente tudo, é muito legal poder ajudar a recolocá-lo no topo. Estou muito feliz. Agora é só comemorar e curtir as férias - vibrou Elkeson.

O Beijing Guoan, liderado por Renato Augusto, também venceu na última rodada e confirmou o vice-campeonato, apenas dois pontos atrás do Guangzhou Evergrande. Posição que garante o time na próxima Liga dos Campeões da Ásia. A vitória foi sobre o Shandong Luneng: 3 a 2, com o brasileiro marcando o segundo gol da equipe, de pênalti. Ele termina a competição com 15 gols e 10 assistências.

- Foi uma bela temporada, brigamos pelo título durante todo o tempo, chegamos a liderar boa parte do campeonato, mas não foi o suficiente. O que não tira o mérito do nosso grupo, que está de parabéns pela entrega e pela luta. Conquistamos mais uma vez a vaga para a Champions da Ásia e vamos tentar fazer com que 2020 seja um ano ainda melhor - disse Renato








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também