Eliminado precocemente em 2016, Palmeiras não quer repetir erros na Libertadores

Em 2016, apesar do forte elenco que terminou campeão do Campeonato Brasileiro no final da temporada, o Palmeiras se despediu precocemente na Libertadores. Ainda na fase de grupos, o Verdão foi eliminado após ficar em terceiro no Grupo B com oito pontos.

Na mesma chave que Rosario Central, Nacional-URU e River Plate-URU, o time paulista venceu apenas dois de seus seis jogos, empatou dois e perdeu os outros dois, o que não foi suficiente para avançar às oitavas e seguir na competição.

Na estreia, o Verdão empatou com o River Plate fora de casa em 2 a 2, o que não foi visto com maus olhos e na segunda rodada, o Palmeiras fez o seu dever de casa e venceu o Rosario Central por 2 a 0.

Zé Roberto Gonzalo Porras Nacional Palmeiras Libertadores 03172016

As coisas começaram a desandar no terceiro jogo da fase, quando a equipe alviverde perdeu para o Nacional em casa por 2 a 1. Apesar da derrota, nada estava perdido ainda, afinal, ainda restavam três jogos. No entanto, em Montevidéu, o Palmeiras não conseguiu superar o forte time uruguaio e ficou mais uma rodada sem pontuar.

Voltando a jogar em casa, o time comandado por Cuca, na época, decepcionou novamente e deixou escapar dois preciosos pontos no empate em 3 a 3 com o Rosario Central no Allianz Parque, o que pode ter encaminhado a eliminação da equipe, que a partir daquele momento, não dependia mais apenas dos seus próprios resultados.

Na rodada final, o Palmeiras jogou no tudo ou nada e goleou o River Plate por 4 a 0, o que no fim das contas não foi suficiente. Com o resultado, o Palmeiras chegou aos oito pontos, um a menos do que o Nacional e três a menos do que o primeiro colocado Rosario Central.

Fernando Evangelista Dudu Atletico Tucuman Palmeiras Libertadores 08032017

 WALTER MONTEROS/AFP/Getty Images

Depois da decepcionante campanha em 2016, o Palmeiras iniciou a Libertadores como favorito e não quer repetir os mesmos erros da temporada passada. Nesta edição da competição, o Verdão tem como adversários do Grupo 5 o Jorge Wilstermann, Atlético Tucumán e Peñarol.

O Palmeiras estreou com um empate em 1 a 1 com o Tucumán fora de casa na última rodada e nesta quarta-feira (15) volta a campo, desta vez em casa, contra o Jorge Wilstermann, que no último jogo goleou o Peñarol  por 6 a 2 e lidera o Grupo até aqui.

Para não correr o risco de ter que depender de outros resultado, o Palmeiras aprendeu com a última temporada e sabe da importância de somar pontos na partida desta quarta no Allianz Parque.