Eliminado outra vez: São Paulo coleciona vexames nesta década de Paulistão

Stats Perform News

A edição 2020 do Campeonato Paulista teve sua primeira grande zebra tão logo começou a fase mata-mata. Nesta quarta-feira (29) o Mirassol fez bom proveito de suas chances e bateu o São Paulo por 3 a 2 nas quartas de final – tendo um herói improvável que chegou ao clube pensando apenas em manter a forma.

Quer ver o melhor do futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e assine o DAZN!

Ainda no gramado, após a derrota, o técnico Fernando Diniz não escondeu o baque – pelo grande favoritismo e por saber que a pressão sobre o seu trabalho deverá aumentar bastante nas próximas semanas.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Mais longe do Morumbi, milhões de torcedores são-paulinos também não esconderam a revolta e descontentamento com a eliminação. Por incrível que pareça, quedas muitas vezes consideradas como vexatórias para um gigante como o Tricolor viraram rotina no clube em algumas competições. No Campeonato Paulista não é diferente.

A última conquista estadual do São Paulo foi no longínquo 2005, o que configura o maior jejum de títulos estaduais do clube. De lá para cá, a lista decepções é gigante desde que o certame paulista deixou de ser disputado sob o sistema de pontos corridos para voltar, em 2007, a ter fases de mata-mata. Ou seja, mais de uma década de motivos para lamentar. Relembre abaixo as campanhas são-paulinas desde então.

  • 2007: eliminado pelo São Caetano na semifinal.

  • 2008: eliminado pelo Palmeiras na semifinal.

  • 2009: eliminado pelo Corinthians na semifinal.

  • 2010: eliminado pelo Santos na semifinal.

  • 2011: eliminado pelo Santos na semifinal.

  • 2012: eliminado pelo Santos na semifinal.

  • 2013: eliminado pelo Corinthians na semifinal.

  • 2014: eliminado pela Penapolense nas quartas de final.

  • 2015: eliminado pelo Santos na semifinal.

  • 2016: eliminado pelo Audax nas quartas de final.

  • 2017: eliminado pelo Corinthians na semifinal.

  • 2018: eliminado (nos pênaltis) pelo Corinthians na semifinal.

  • 2019: vice-campeão, com derrota para o Corinthians.

  • 2020: eliminado pelo Mirassol nas quartas de final.

Evidente que perder em clássicos contra seus maiores rivais não configura um vexame, mas a dificuldade de mostrar força e chegar nas finais mostram como este roteiro de decepções no Paulistão começou a ser formado – com quedas marcantes para São Caetano, Penapolense, Audax... e agora Mirassol.

Leia também