Eliminação na quinta deve causar demissão de Rodrigo Santana no Galo

Yahoo Esportes
Santana assumiu o Galo na reta final do estadual e chegou a ser bastante elogiado (Bruno Cantini/Atlético-MG)
Santana assumiu o Galo na reta final do estadual e chegou a ser bastante elogiado (Bruno Cantini/Atlético-MG)

O futuro de Rodrigo Santana no Atlético-MG depende do confronto com o Colón, na quinta-feira, em jogo de volta das semifinais da Copa Sul-Americana. Embora goste do trabalho do treinador e relute com a ideia de demitir mais um profissional, o presidente do Galo, Sérgio Sette Câmara, será extremamente pressionado para dispensar Santana em caso de eliminação.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

A insatisfação já existe no clube depois da sequência de seis derrotas consecutivas no Brasileirão - o time perdeu para Athletico Paranaense, Bahia, Corinthians, Botafogo, Internacional e Avaí.

Leia também:

Com isso, despencou do quarto para o 10º lugar no Brasileirão. Para que se tenha uma ideia, o Galo tinha os mesmos 27 pontos do Flamengo seis rodadas atrás. Com a série de derrotas, se manteve com 27, enquanto o Rubro-Negro emplacou 18 pontos e pulou para a ponta do campeonato, agora com 45.

O presidente atleticano e o diretor-executivo de futebol, Rui Costa, têm consciência de que Rodrigo Santana não é o único culpado pelo péssimo momento. Na visão da cúpula, o elenco tem deficiências em algumas posições. Para piorar, há a convicção de que existem muitos atletas veteranos em péssima fase física e técnica.

Por fim, alguns dos jovens têm dado enormes problemas, como Cazares e Luan. “Mas é menos complicado trocar o treinador do que mudar o time inteiro em meio à temporada”, avalia uma fonte ouvida pelo Blog.

Com ou sem a vaga na final da Sul-Americana, já se sabe no clube que haverá uma reformulação grande dentro do elenco para 2020.

De qualquer maneira, o título do torneio continental é encarado como fundamental. Além da chance de dar uma volta olímpica e faturar alguns milhões de reais como prêmio, o Galo ainda garantiria participação na Libertadores do ano que vem e entraria também na Recopa Sul-Americana e na Levain Cup (antiga Suruga).

Para continuar sonhando com todas essas possibilidades, o Atlético-MG precisa de uma vitória simples, por 1 a 0, na quinta - foi derrotado de virada pelos argentinos no jogo de ida, por 2 a 1, em Santa Fé. Se o Galo ganhar por 2 a 1, a decisão vai para os pênaltis.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também