Vasco faz quatro no Jorge W. e encaminha vaga

David Nascimento
LANCE!

Eletrizante. É a melhor forma para descrever a atuação do Vasco na noite desta quarta-feira, diante do Jorge Wilstermann (BOL), em São Januário, pela ida da terceira fase da Conmebol Libertadores. No melhor jogo de 2018, o time comandado por Zé Ricardo goleou por 4 a 0 os bolivianos e abriu excelente vantagem para a volta, quarta que vem, na Bolívia, e se classificar à fase de grupos.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

NO RITMO DE CARNAVAL
Em plena quarta-feira de cinzas, o Carnaval terminou para quase todo o Brasil, menos para o Vasco. Os jogadores cruz-maltinos seguiram a batida desde o apito inicial do árbitro, pressionando o Jorge Wilstermann, que se mostrava acuado. Aos cinco e nove minutos, Wagner e Evander, respectivamente, perderam boas chances de marcar.

SUBSTITUTO DE SORTE
O técnico Zé Ricardo teve apenas um desfalque no Vasco no jogo: o zagueiro Erazo, cumprindo suspensão por ter sido expulso na fase anterior diante da Universidad Concepción, do Chile. Paulão foi escolhido como o substituto e mostrou sorte. Aos 18, aproveitou rebote de Giménez e estufou as redes, Vasco na frente.

MENINO DE OURO
Aos 17 anos, Paulinho, cria da base do Vasco, mostrou mais uma vez ao mundo que é um menino de ouro. Ao mesmo tempo que é muito jovem, é muito habilidoso. Aos 40 minutos, desviou em lance de Wellington e ampliou o marcador! Estrela demais: dois gols e duas assistências em três jogos na Libertadores.

SEGUE A PRESSÃO
Na volta do intervalo, o Vasco seguiu pressionando para aumentar a vantagem de olho em uma tranquilidade no jogo de volta que será disputado na altitude semana que vem. O Jorge Wilstermann até melhorou em campo, mas não levou muito perigo ao gol de Martin Silva.

ELÉTRICO, PIKACHU!

Um dos principais nomes do Vasco em 2018, Yago Pikachu fez jus ao apelido do famoso pokémon que carrega em seu nome. Voltou nesta temporada a jogar de lateral-direito, sua posição de origem, e brilha demais. Chegou ao terceiro gol em três jogos na Libertadores. Aproveitou passe de Riascos e estufou as redes. E comemorou com a famosa cobrinha!

VAGA ENCAMINHADA
A atuação eletrizante do Vasco ainda rendeu o quarto gol no último lance da partida, aos 48, com Rildo aproveitando passe de Thiago Galhardo. Jogo de primeira categoria disputado em São Januário! E vaga encaminhada pelo Vasco para a fase de grupos. Semana que vem, no jogo de volta na Bolívia, na altitude de quase três mil metros, pode perder por até três gols de diferença.


VASCO 4 X 0 JORGE WILSTERMANN

Data/horário: 14/2/2018, às 22h (de Brasília)
Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Assistentes: Diego Bonfa (ARG) e Gustavo Rossi (ARG)
Cartões amarelos: Ronny Montero, Aponte, Alex Silva, Zenteno, Lucas Gaúcho, Enrique Díaz, Serginho (JOR); Desábato, Rildo (VAS)
Cartão vermelho: -
Público e renda: 10.919 pagantes / R$ 557.590,00
Gol: Paulão, 18'/1ºT (1-0); Paulinho, 40/1ºT (2-0); Yago Pikachu, 42'/2ºT (3-0); Rildo, 48'/2ºT (4-0)


VASCO: Martín Silva, Yago Pikachu, Paulão, Ricardo e Henrique; Desábato, Wellington, Evander (Thiago Galhardo, 34'/2ºT) e Wagner (Rildo, 16'/2ºT); Andrés Ríos (Riascos, 9'/2ºT) e Paulinho. Técnico: Zé Ricardo

JORGE WISLTERMANN: Arnaldo Giménez, Meléan, Zenteno, Alex Siva (Enrique Díaz, 15'/2ºT) e Ronny Montero (Cristian Chávez, Intervalo); Aponte, Machado, Saucedo, Serginho e Marcelo Bergese (Gilbert Álvarez, 19'/2ºT); Lucas Gaúcho Técnico: Álvaro Peña

E MAIS:

Leia também