Elenco do Santos treina pênaltis, e Cuca não esboça time na véspera de jogo decisivo

Fábio Lázaro
·1 minuto de leitura


O técnico Cuca comandou na tarde desta terça-feira (03) a última atividade do Santos antes do confronto diante do Ceará, nesta quarta-feira (04), às 19h, no estádio do Castelão, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

O treino foi realizado no CT do Fortaleza, já que o elenco santista viajou na segunda-feira (02) ao Estado nordestino. O treinador do Peixe não esboçou um time titular e tende a fazer a definição através de conversas com os jogadores. Tem sido comum essa escolha por parte do técnico, devido ao desgaste dos atletas por conta da carga excessiva de jogos.

Os santistas também treinaram pênaltis na véspera do confronto decisivo. A partida de ida, na última quarta-feira (28), terminou empatada em 0 a 0, na Vila Belmiro, portanto qualquer novo empate levará a decisão para a marca da cal.

Além da importância técnica, o avanço para as quartas de final da competição nacional representará a adição de R$ 3,3 milhões aos cofres santistas, quantia importante para uma equipe sem previsão de caixa e repleta de dívidas. Em entrevista coletiva concedida na última sexta-feira, o presidente em exercício do Santos, Orlando Rollo, afirmou que se o time se classificar solicitará à CBF o adiantamento desse dinheiro para acertar os salários referentes o mês de outubro que precisam ser pagos até a próxima segunda-feira (09).