Eleito o craque da partida, De Bruyne comemora segundo tempo do Manchester City: 'Foi muito melhor'

LANCE!
·2 minuto de leitura


O Manchester City está muito perto de conquistar a vaga na final da Champions League após vencer o PSG pelo jogo de ida das semifinais. E muito desta caminha se deve ao meia Kevin De Bruyne, que marcou o primeiro gol inglês no trinfou desta quarta-feira. Após o jogo, o belga celebrou.

+ Veja a tabela da Champions League


- Foi um jogo de duas partes. Começamos bem nos primeiros dez minutos e tínhamos algum controle, mas o PSG é uma equipe incrível. Após 25 minutos mudamos nossa maneira de jogar e melhoramos. O segundo tempo foi muito, muito melhor. Na etapa inicial estivemos muito apressados. Não é assim que somos formados como equipe. No segundo tempo tentamos encontrar espaço com mais paciência e penso que o fizemos. A progressão que fizemos como equipe foi boa - disse o meia, que foi eleito o melhor em campo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.


A respeito do jogo, De Bruyne elogiou o PSG, mas disse que o Manchester City também sabia que poderia oferecer riscos aos franceses.

- Sabíamos que haveria momentos no jogo em que iríamos sofrer. Sabíamos que teríamos de correr muito pela equipe, mas sabíamos que tínhamos qualidade para jogar contra eles. Espero seja o caso no segundo jogo também.

+ Veja como está a corrida pela Chuteira de Ouro na Europa

Sobre os gols, De Bruyne disse que Navas foi surpreendido no empate e que Mahrez pediu para cobrar a falta no segundo.

- O gol de empate foi difícil para o goleiro porque ele sempre espera que alguém desvie a bola. Riyad (Mahrez) perguntou-me se podia bater a falta. Ele marcou o gol, então quem sou eu para dizer algo sobre isso? - concluiu.