Eleições nos EUA: Atletas opinam e pedem para que eleitores votem

LANCE!
·2 minuto de leitura


As eleições nos Estados Unidos sempre movimentam as redes sociais, e neste ano não foi diferente. Muitos atletas lançaram campanhas para incentivar o voto dos americanos e até mesmo jogadores de diversas modalidades se posicionaram para tentarem convencer o seu público. Vale lembrar que o voto no país não é obrigatório e a legislação eleitoral varia entre os estados, por isso, muita gente já antecipou sua escolha nas urnas.

Magic Johnson, ex-jogador de basquete, participou das campanhas pró-voto. No seu Instagram, ele publicou uma foto com o adesivo da campanha e escreveu: "Eu votei. E você?"

Ver essa foto no Instagram

I voted! Did you???

Uma publicação compartilhada por Earvin "Magic" Johnson (@magicjohnson) em 30 de Out, 2020 às 1:57 PDT

Tom Brady, que atua na NLF, também fez campanha. Em vídeo no Instagram, ele usou imagens de Rapinoe e comparou as eleições com uma partida de futebol americano. "Esporte é minha religião, mas a América é o meu amor", disse ele.

Ver essa foto no Instagram

VOTE.

Uma publicação compartilhada por Tom Brady (@tombrady) em 2 de Nov, 2020 às 9:52 PST

A jogadora de futebol Megan Rapinoe, que já fez críticas públicas ao atual presidente Donald Trump, também fez campanha com sua noiva nas redes sociais.

Na última segunda-feira, o astro do basquete, LeBron James, publicou uma imagem de Joe Biden e sua vice, Kamala Harris. Na postagem em seu Isntagram, ele pede abertamente para que as pessoas votassem no democrata.

O jogador de basquete Stephen Curry também pediu para que as pessoas da Carolina do Norte votem. Ele também fez postagem no Instagram.

Além deles, o piloto de Fórmula 1, Lewis Hamilton, também se posicionou sobre as eleições americanas e compartilhou um vídeo de Barack Obama nos stories do Instagram.