Técnico Elder Campos critica FPF por mando da final da Copinha e esconde time titular do Santos

·2 min de leitura
Elder Campos vai comandar a equipe Sub-17 do Santos (FOTO: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)


O técnico do Santos na Copinha, Elder Campos, criticou a decisão da Federação Paulista de fazer a final da Copa São Paulo de Futebol Júnior no Allianz Parque, estádio do Palmeiras. Em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (24), o treinador alvinegro lembrou que pela primeira vez a decisão do torneio não será disputada em campo neutro.

- Nós também temos um campo sintético no Santos, mas o que nos surpreendeu foi a decisão de jogar com mando de uma decisão pela primeira vez. Pelo regulamento, teria que ser com campo neutro. Mas vamos atuar respeitando a equipe do Palmeiras. Quem quer ser campeão tem que enfrentar o adversário no campo deles. Acredito que será um jogo muito equilibrado. Nos conhecemos, admiro o trabalho do Paulo (Victor Gomes, técnico do Palmeiras). Espero fazer um grande jogo e conquistar nosso objetivo - afirmou Elder Campos.

Elder ainda afirmou que não definiu o time da final diante do desfalque do meia Lucas Barbosa, que vai cumprir suspensão por cartão amarelo. O treinador reforçou a importância do garoto na competição, mas acredita que o coletivo vai conseguir chegar no objetivo.

- Ainda não defini. Tem umas duas ou três opções. Iremos estudar. Eles têm uma saída com três, outra com dois. Então, temos que nos preparar bem - comentou o treinador.

- O Lucas fez uma grande Copa São Paulo. É uma perda grande para nós, pela importância. Mas quem entrar fará um grande jogo. Temos peças que tem condições de suprir a ausência dele. Com esse pensamento que vamos. O Andrey entrou e fez um grande jogo. O coletivo que nos trouxe até aqui é o que vai nos levar ao nosso objetivo - ressaltou o ex-jogador do Peixe.

O zagueiro Derick, um dos capitães da equipe, também representou o Santos na coletiva da FPF e falou sobre a mudança no mando de campo.

- Eu acho que foi uma decisão da Federação, torcida única na final. Nós jogadores estamos preparados para isso. Faz parte do futebol, torcida a favor, torcida contra. A gente treinou bastante, fizemos uma boa competição e vamos fortes para a final. Temos certeza que será um grande jogo, independente do estádio e da torcida - afirmou o defensor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos