Elano analisa adversário do Santos e aconselha estreante em Libertadores

Gabriela Brino e Russel Dias
Interino comanda o time pela última vez antes de Levir Culpi assumir e volta a fazer alterações no ataque: Copete e Bruno Henrique estão de volta; Ferraz não treina

De camisa 11 a auxiliar-técnico. Elano é um dos ídolos do Santos e, agora, também um dos responsáveis por estudar o próximo adversário do Peixe, o Santa Fe, em partida válida pela terceira rodada da Libertadores, nesta quarta-feira, às 21h45, na Colômbia.

A equipe do técnico Dorival Júnior viu durante a semana de treinos vídeos dos rivais para encontrar os pontos fracos, ensaiar jogadas e, como o próprio auxiliar disse em conversa ao LANCE!, se prepar para garantir a classificação antecipada no campeonato continental.

- O Santa Fe tem jogadores tecnicamente muito bons, a maioria muito forte, além de um time de muita velocidade. Eu conheço o Santa, tenho tentado ajudar com o que venho acompanhando, mesmo que não funcione da maneira que eu acho. Novamente passaremos por dificuldades, mas vamos preparados para Colômbia e será um jogo importante, queremos garantir a nossa classificação. Vamos nos preparar para termos um gás a mais. Vamos precisar - explicou.

Jean Mota, meia improvisado na lateral esquerda, ganhou espaço na equipe e também chamou a atenção de Elano, que vê talento no futebol do jogador. Uma das observações que o auxilar faz a Jean é sobre não deixar de contra-atacar.

- Tudo tem sua primeira vez, ele tem a qualidade dele. Eu acho que vivemos em um momento bom, já que estamos tendo um resultado positivo e isso nos traz tranquilidade, ainda mesmo na classificação, já que somos os primeiros da chave. Com ele eu converso a parte física e técnica do time colombiano, a atenção, defensivamente. Não podemos abrir mão de contra-atacar - relatou.

​Com três passagens pelo Alvinegro, o ex-camisa 11 acumulou 304 partidas e marcou 65 gols. Além dos títulos no campeonato Brasileiro - em 2002 e 2004 -, o meia foi campeão da Copa Libertadores em 2011 e se sagrou campeão paulista em 2011, 2012, 2015 e 2016.

O Santos é líder do Grupo 2 na Libertadores com quatro pontos, um a mais que Santa Fé (COL) e The Strongest (BOL). O Sporting Cristal (PER) é o lanterna com apenas um.











E MAIS: