'Ela queria mais', diz boxeador que beijou repórter à força

Yahoo Esportes
O boxeador Kubrat Pulev beija a repórter Jennifer Ravalo após vencer seu combate contra o romeno Bogdan Dinu no último dia 23
O boxeador Kubrat Pulev beija a repórter Jennifer Ravalo após vencer seu combate contra o romeno Bogdan Dinu no último dia 23

O peso-pesado Kubrat Pulev, que após vencer sua luta beijou à força a repórter Jennifer Ravalo do portal “Vegas Sports Daily”, afirmou durante entrevista à imprensa da Bulgária, seu país natal, que “eu achei que ela [Jenny] não queria apenas um beijo, mas muito mais”.

O boxeador, primeiro do ranking a FIB, acrescentou que “há muitas outras mulheres que gostariam de beijá-lo, mas que ela [Jenny] mostrou ingratidão porque quer ficar famosa ou algo do gênero”, reportou o site de internet “Fightnews”.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Pulev apontou que alguém pode ter sugerido a Jenny que ela conseguiria ganhar alguns milhões por conta do episódio ou que o veículo para o qual trabalha poderia ter pedido que fizesse isso para atrair anunciantes e que se quem assistir o vídeotape do bejo, notará que ela achou legal, sorriu e até o agracedeu por tê-la beijado, segundo o site.

Mesmo após essa argumentação, ele reconheceu que a empresa que promove sua carrerira, a Top Rank, está preocupada com o incidente, por ter atraído muito atenção da mídia.

As declarações de Pulev não ajudam a diminuir a repercussão causada pelo episódio.

De acordo com o portal ‘TMZ Sports’, Pulev foi suspenso por tempo indeterminado pela Comissão Atlética do Estado da Califórnia. Além disso, Jennifer indicou que irá buscar reparação legal.

Mais do Yahoo Esportes:

Galo e Corinthians querem volante do Oeste 
São Paulo pode perder Antony por preço baixo
Há 30 anos, Luxemburgo surgia para o futebol
Carille merece ser chamado de ‘Rei dos Clássicos’

Leia também