Egídio deixa o Fluminense para reforçar o Coritiba

·1 min de leitura


Nesta quinta-feira, Egídio teve a saída do Fluminense confirmada. O lateral-esquerdo não estava nos planos do clube, que contratou Mario Pineida para a posição. Assim, o jogador acertou com o Coritiba, e viajou para o Paraná a fim de realizar exames físicos. O time paranaense anunciou a contratação do atleta em suas redes sociais.

Egídio chegou ao Fluminense em 2020, após sair do Cruzeiro. Em sua primeira temporada no Tricolor, deu 11 assistências em 39 jogos. Na última, foram três assistências e um gol marcado em 36 jogos. Desde setembro, o lateral estava sem atuar e já tinha a saída do clube prevista. Em entrevista coletiva, Marcão afirmou que o afastamento partiu do atleta.

- Algumas coisas foram decididas internamente sobre o Egídio. É um cara que respeitamos muito, mas alguns posicionamentos até dele mesmo já foram resolvidos. Não pudemos contar com o Marlon, que sentiu o adutor. Tivemos o Danilo, treinamos o Gustavo na lateral, o Daniel no banco também - explicou o treinador em entrevista coletiva.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos