Eduardo se inspira em Academia de Ademir e exalta movimentação

A torcida do Palmeiras saiu satisfeitíssima do Pacaembu nesta sexta-feira. Jogando um ótimo futebol, o Verdão foi muito superior ao Novorizontino, mostrou grande movimentação e aplicou 3 a 0. A grande atuação pode ser explicada pela inspiração do técnico Eduardo Baptista, que promoveu troca de posições entre os jogadores de ataque do Palmeiras durante todo o jogo.

“Eu cresci vendo Palmeiras de Ademir da Guia com a bola no chão, sem posição fixa. Estamos buscando isso. É a cara do Palmeiras, não é a cara do Eduardo. Essa variação é treinada. Os jogadores têm que ter a paciência de esperar a bola chegar, não é sair sempre entre as linhas. Essa troca é treinada. O Borja saiu um pouquinho, o Dudu entrava. Borja veio buscar, Willian entrou no lugar. Importante que os espaços estejam ocupados, não importa por quem”, disse o treinador.

A movimentação palmeirense, porém, só foi possível graças a qualidade do elenco que Eduardo Baptista tem nas mãos. Em uma das mudanças, o treinador tirou Willian, melhor em campo até então, e colocou Michel Bastos, que participou da criação do segundo gol alviverde logo em sua primeira jogada.

“Tenho um elenco com grandes jogadores. Já disse que o bom plantel não te dá garantia de títulos. Mas se tiver elenco qualificado, que busque, que respeite o companheiro, há grandes chances. Todos que estão em campo dão seu limite. Tentam entrar melhor ainda do que os que estavam jogando. Hoje, o Guedes ficou de fora, e Willian fez grande partida. De repente colocamos o Michel, que muda o setor e também fez grande partida. Tem que estar sempre alerta. Isso é um grande combustível para a equipe manter o tempo todo”, elogiou o treinador, antes de valorizar a atuação do Novorizontino e classificação alviverde.

Leia mais:

Felipe Melo descarta secar rivais por facilidade na semi: “Aqui é Palmeiras”

Dudu valoriza insistência por gol nessa sexta e destaca sede de título

“É um passo importante. Adversário se mostrou muito forte. Marcou o Palmeiras, tentou jogar nos dois jogos. Valorizou nossos dois triunfos. Tivemos um bom proveito, finalizamos 22 bolas. Importante para quem busca o gol. Estava 3 a 0 e estávamos marcando pressão. Tem que estar focado”, finalizou.