Eduardo Henrique se despede do Crotone e fala sobre Série A: 'Muito forte'

·1 minuto de leitura


Depois de uma temporada na Itália, o volante brasileiro Eduardo Henrique, 26 anos, ex Internacional, Athletico-PR e Atlético-MG, se despede do Crotone, onde atuou na Série A 2020/2021. O time da Calábria, que recém havia sido promovido à primeira divisão do país, não conseguiu se manter na elite e voltará ao segundo escalão italiano, depois de terminar na 19ª posição, com 23 pontos.

- Foi uma experiência muito positiva, é uma cultura diferente de futebol. Ao mesmo tempo em que é muito tático, também tem muita força, muito contato, pouco espaço. É um futebol muito forte. Gostei muito do Crotone, é um clube muito bem estruturado. Infelizmente, não tivemos um início bom e não conseguimos atingir o objetivo que era manter o clube na Série A - avalia Eduardo.

Foram 19 partidas com a camisa 95 azul e vermelha, uma pela Copa da Itália, e o restante pela Série A. Mesmo atuando mais recuado, o volante brasileiro marcou um gol. Na sua quinta partida pelo clube, fez um dos gols na primeira vitória da equipe no campeonato, no 4 a 1 sobre o Spezia. Com o retorno ao Sporting, com quem tem mais três anos de contrato, Eduardo Henrique espera para definir seu futuro, se ficará no Estádio José Alvalade ou se defenderá outra equipe.

- Fiquei muito feliz com o título do Sporting, é meu time, quase todos os meus companheiros da temporada passada continuam lá. Foi muito merecido, uma campanha impecável e histórica. Vou esperar ver o que acontecer, mas quero jogar, que é o que mais gosto de fazer - afirma.

Emprestado pelo Sporting, o jogador agora retorna ao novo campeão português, mas ainda não há definição se ele ficará no clube de Lisboa para a temporada 2021/2022.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos