Eduardo Bolsonaro diz que Luís Roberto 'nunca reclamou' do futebol na pandemia: Fato ou fake? Checamos

·4 minuto de leitura


O anúncio da Conmebol que a Copa América 2021 será disputada no Brasil movimentou tanto políticos como profissionais do esporte. Nesta segunda-feira, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) sugeriu que o narrador da Globo Luís Roberto estaria criticando o evento porque sua emissora não exibiria a competição, mas o locutor não veria problema em campeonatos transmitidos na Globo.

+ TABELA: Simule os próximos jogos do seu clube no Brasileirão

+ Começou o Brasileirão! Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

- Mas o mesmo sujeito segue transmitindo normalmente Campeonato Estadual, Brasileirão, Copa do Brasil, etc. E nunca reclamou. Será que ficou bravinho porque a Globo perdeu recentemente a Copa América para o SBT? Será? - digitou ele no Twitter. O LANCE! checou se é verdadeira ou falsa a proposição do político, filho do presidente da República Jair Bolsonaro - que garantiu o evento.

VOLTA PRECIPITADA DO ESPORTE
No dia 18 de junho de 2020, o narrador detonou a "realização precipitada", para ele, do Cariocão, em live no Instagram da jornalista e rainha de bateria da escola de samba Beija-Flor Raissa de Oliveira. Na época, Bangu e Flamengo retornaram à jogar futebol após meses de paralisação do esporte por conta da Covid-19.

- Acho que forçaram a barra. Na Europa, os caras voltaram a jogar 70 dias depois do pico. Ou seja, quando os casos começaram a cair, as mortes. Depois deste pico o futebol voltou na Europa. A gente está voltando com o futebol, no caso do Rio, 15 dias depois, é muito pouco! Eu acho que é uma precipitação. O Campeonato Carioca pode ter no máximo daqui para frente seis datas, faltam duas para terminar a classificação da Taça Rio, depois a gente tem a semifinal e a final da Taça Rio - comentou Luís, que deu uma sugestão.

- Poderia voltar mais para frente com mais segurança, com menos gente precisando de hospital. No Maracanã, tem um hospital de campanha e gente sofrendo, a gente tem uma morte por minuto no Brasil, é muito sério, é terrível - disse ele. Um hospital móvel foi montado dentro do espaço esportivo.

Luis Roberto recebeu a primeira dose de vacina contra o Covid-19
Luis Roberto recebeu a primeira dose de vacina contra o Covid-19

Luis Roberto está vacinado contra a Covid-19 (Reprodução / Instagram)

DEZ DIAS DEPOIS, OUTRA RECLAMAÇÃO
Novamente, Luís Roberto fez críticas ao retorno do futebol brasileiro durante à pandemia de Covid-19. Em junho de 2020, cerca de três meses após a iniciação, ele chegou a citar "irresponsabilidade” dos dirigentes.

- A volta do futebol carioca vai contra todas as normas do resto do mundo, mas por conta da irresponsabilidade de dirigentes e políticos, aqui estamos hoje - disse Luís Roberto no começo da transmissão de Vasco x Macaé. Cerca de 10 mil pessoas haviam morrido de coronavírus no Rio de Janeiro até então. Atualmente, o Brasil já conta mais de 462 mil pessoas mortas pela doença.

FINAL DA LIBERTADORES EM PAUTA
O narrador da Globo, que está vacinado com a primeira dose do imunizante, criticou, em fevereiro de 2021, a presença de público no Maracanã na final da Libertadores, entre Palmeiras e Santos. A Conmebol convidou pessoas para acompanhar o jogo no estádio.

- Cumprindo o nosso papel de observadores do cotidiano, de tentarmos estar sempre do lado certo da história, o que aconteceu no Maracanã não é justificável. Não adianta o governo do estado do Rio de Janeiro e a própria prefeitura assinarem. Foi assinado um contrato para realização da final e que houve uma correção no meio do caminho por conta da pandemia para que houvesse a presença de amigos, patrocinadores, vips e que tais no jogo - disse ele no "Seleção SporTV".

Luís Roberto - Seleção SporTV
Luís Roberto - Seleção SporTV

Narrador ficou indignado com anúncio da Copa América no Brasil (Reprodução / Globo)

- As imagens daquelas sete mil pessoas... Aquilo que aconteceu, aquela aglomeração, foi simplesmente lamentável, vai contra todos os princípios do bom senso. E as pessoas que deram mal exemplo, entre elas, o prefeito da cidade de São Paulo, Covas, que é santista, que se recuperou de um câncer, se recuperou da Covid-19, tem uma linda história com o Santos, mas ele não podia expor aquela situação como uma autoridade, embora estivesse de licença médica, como ele fez. Nem ele nem os ridículos cartolas que lá estavam - comentou ele. Nas imagens, foi possível ver torcedores se aglomerando na decisão. A Libertadores foi exibida no SBT.

"FUTEBOL É NA GLOBO": SERÁ QUE PASSOU PANO?

O LANCE! também entende que há momentos onde o funcionário da emissora exaltou as competições nacionais ou não desqualificou as partidas da emissora, que estão ocorrendo desde junho de 2020. Desde então, tanto no Brasil quando ao redor do mundo, diversas competições estão acontecendo com protocolos sanitários.

Em postagem feita em seu Instagram, no último domingo, por exemplo, Luís Roberto convocou o público à assistir pela TV a partida entre Flamengo e Palmeiras, pela primeira rodada do Brasileirão 2021. "Chegou a hora do Brasileirão. O campeonato mais equilibrado do planeta! E futebol é na Globo", digitou ele recentemente.

ENTENDA A FALA DE LUÍS ROBERTO E A CRÍTICA DE EDUARDO BOLSONARO
O anúncio que o Brasil sediará a próxima Copa América, nos próximos meses, mobilizou torcedores, jornalistas e políticos, nesta segunda-feira. No programa "Seleção SporTV", Luís Roberto perdeu a paciência com a ação do Governo Federal e disse que seria "um tapa na cara dos brasileiros" a realização da Copa América no país. Poucas horas depois, Eduardo Bolsonaro ironizou a fala do narrador e questionou a emissora Globo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos